Siga-nos em

Buscas no site

9 Governadores Omitem Dados De Hospitais De Campanha Da PGR
9 Governadores Omitem Dados De Hospitais De Campanha Da PGR
9 Governadores Omitem Dados De Hospitais De Campanha Da PGR

BRASIL

9 governadores omitem dados de hospitais de campanha da PGR

O prazo para envio de informações expirou em 19 de março

O prazo para envio de informações expirou em 19 de março

O governador do Rio Grande do Sul Eduardo Leite (PSDB), deixou de enviar à Procuradoria-Geral da República (PGR) informações sobre a instalação dos hospitais de campanha para da Covid-19 no país. O prazo para a resposta venceu no último dia 19, mas alguns governadores pediram uma prorrogação, que foi concedida.

Além de Eduardo Leite, outros oito governadores nada responderam.

No dia 12 de março, a subprocuradora-geral Lindôra Araújo enviou ofícios aos 27 govenadores do Brasil, questionando quantos hospitais foram instalados em cada local, quantos foram construídos, quais nem chegaram a entrar em funcionamento e as unidades ativas atualmente. Os governadores também foram questionados sobre data e motivo do fechamento dos hospitais desativados, e qual a destinação de insumos e equipamentos.

Propaganda. Role para continuar lendo.

A PGR pretende verificar eventuais falhas no atendimento à saúde da população contaminada com o novo Coronavírus, principalmente, em função dos recursos aplicados.

Várias denúncias de irregularidades na administração dos recursos federais no combate à pandemia vieram à tona no Brasil. Em agosto de 2020, nove entes federados já eram investigados.

Lista dos governadores que não encaminharam as informações:

  • Waldez Góes (PDT), do Amapá;
  • Camilo Santana (PT), do Ceará;
  • Renato Casagrande (PSB), do Espírito Santo;
  • Ratinho Júnior (PSD), do Paraná;
  • Wellington Dias (PT), do Piauí;
  • Fátima Bezerra (PT), do Rio Grande do Norte;
  • Eduardo Leite (PSDB), do Rio Grande do Sul;
  • Coronel Marcos Rocha (PSL), de Rondônia;
  • Antonio Denarium (PSL), de Roraima.

Bar reduto de esquerdistas envia a clientes boneco vodu de Bolsonaro para ‘malhar o Judas’

Bonner e mais 20 “globais” são autuados pela Receita Federal

Apesar do sucesso da vacinação, Hungria bate recorde diário de mortes por COVID

Chineses fazem doação de R$ 1,7 milhão para sindicatos do Brasil


Comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

MUNDO

Marco Cavaleri, chefe de estratégia de vacinas da EMA (Agência Europeia de Medicamentos), explicou em entrevista ao 'La Stampa' que seria melhor usar desenvolvimentos...

BRASIL

Entre os pacientes, internados no hospital público, três são moradores de Chapecó; infectologista alerta para os cuidados mesmo após a imunização

OPINIÃO

Perguntas e respostas sobre o novo "normal" depois da vacinação

BRASIL

Médico, Lauri Ferreira já havia tomado as duas doses da vacina contra a Covid-19, mas foi contaminado pelo novo coronavírus.

Anúncios