Siga-nos em

Buscas no site

Argentina Amplia Restrições Diante Da Segunda Onda De Covid
Argentina Amplia Restrições Diante Da Segunda Onda De Covid
Argentina Amplia Restrições Diante Da Segunda Onda De Covid

MUNDO

Argentina amplia restrições diante da segunda onda de Covid

Bloqueios sem fim: Presidente decidiu prorrogar restrições até 21 de maio

Bloqueios sem fim: Presidente decidiu prorrogar restrições até 21 de maio

O presidente da Argentina, Alberto Fernández, decidiu nesta sexta-feira (30) prorrogar até 21 de maio as restrições adotadas por conta da segunda onda da Covid-19 e adiantou que promoverá uma lei para tomar medidas sanitárias no futuro.

– Devemos fazer um novo esforço para diminuir a circulação [do vírus], reduzir os contágios e, assim, descomprimir, tanto quanto possível, nosso sistema de saúde – disse Fernández.

O governo impôs de 9 de abril até hoje restrições à circulação noturna de pessoas e a certas atividades sociais e comerciais, principalmente em Buenos Aires e sua periferia, a área com maior número de casos.

Fernández disse que as novas medidas são adotadas com base em critérios epidemiológicos e serão diferentes, dependendo se uma área do país é de baixo, médio ou alto risco ou se encontra em “alarme epidemiológico e sanitário”.

Propaganda. Role para continuar lendo.

Em todo o país, estão suspensas as viagens em grupo, reuniões sociais com mais de dez pessoas e o comparecimento ao trabalho de pessoas que fazem parte do grupo de risco.

Em áreas de médio risco à saúde, os governos provinciais terão o poder de adotar medidas para reduzir a circulação.

Já nas de alto risco, não será possível circular entre 0h e 6h, várias atividades sociais são suspensas, além da capacidade e limitação de horários para o setor gastronômico.

Propaganda. Role para continuar lendo.

Entretanto, para as áreas em “alerta”, sobretudo Buenos Aires e sua periferia, só será possível a circulação das 20h às 6h, o transporte público é restrito às pessoas que atuem em áreas essenciais, shoppings são mantidos fechados, e os esportes coletivos estão proibidos, entre outras medidas.

PROJETO DE LEI

As restrições para as zonas em alarme incluem a suspensão das aulas presenciais, medida que Fernández já havia adotado em 9 de abril, mas que gerou uma disputa judicial ainda não resolvida com o governo da capital, liderado pelo opositor Horacio Rodríguez Larreta.

– Eu sou o presidente de cada argentino e é minha responsabilidade estabelecer medidas fortes contra a pandemia – disse.

Fernández afirmou que, diante da pandemia, as decisões não podem ser tomadas com “especulação política”.

Propaganda. Role para continuar lendo.

Ele anunciou que, nos próximos dias, enviará ao Parlamento – com maioria pró-governamental – um projeto de lei para que, “com base em critérios científicos claros e precisos”, tenha poderes como presidente e aos governadores adotem “restrições e medidas de cuidado durante esta situação excepcional”.

– A pandemia exige uma responsabilidade imensa de nós, e é a política que deve tomar as decisões – afirmou.

SITUAÇÃO SANITÁRIA

A Argentina vem registrando um aumento vertiginoso de casos de Covid-19 há quase um mês, com um nível crescente de ocupação de leitos nas Unidades de Terapia Intensiva (UTIs).

– O número de casos é realmente muito alto. A situação epidemiológica na região metropolitana de Buenos Aires é crítica e temos outras áreas com alta tensão sanitária – alertou Fernández.

Na quinta-feira (29), a Argentina registrou 561 novas mortes por Covid-19, o maior número desde o início da pandemia, e chegou a um total de 63.508 vítimas.

Propaganda. Role para continuar lendo.

Além disso, 26.053 casos foram notificados, elevando o número total de 2.954.943 positivos para a doença.

Fonte: Agência EFE


Argentina: Pai argentino implora pela vida de seu bebê enquanto mãe quer aborto

Argentinos se revoltam e vão às ruas contra os fechamentos

Argentina registra 1ª morte no país por ‘aborto legalizado’

Argentina: Novos bloqueios Explodem As Tensões no país à medida que aumenta o número de casos


Propaganda. Role para continuar lendo.
Comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

BRASIL

O ex-vice-prefeito de Aracaju, Silvio Santos, fez uma publicação em sua conta no Instagram neste domingo,16, sobre a morte do prefeito de São Paulo,...

Artigos

O tratamento odontológico não colocará você em risco de contrair COVID-19, afirma um novo estudo.

MUNDO

Apesar da proibição, 10.000 pessoas se reuniram em Vilnius para protestar contra o casamento para casais do mesmo sexo

BRASIL

À CNN, o ex-presidente da Câmara, que teve prisão domiciliar revogada em maio, disse que votaria em Bolsonaro em um eventual 2º turno

Anúncios