Siga-nos em

Buscas no site

Adolescente Trans é Enterrado Duas Vezes Os Pais Não Chegam A Um Acordo Sobre Os Nomes Lápide
Adolescente Trans é Enterrado Duas Vezes Os Pais Não Chegam A Um Acordo Sobre Os Nomes Lápide
Adolescente Trans é Enterrado Duas Vezes Os Pais Não Chegam A Um Acordo Sobre Os Nomes Lápide

MUNDO

Austrália: adolescente trans é enterrado duas vezes – os pais não chegaram a um acordo sobre os nomes na lápide

O casal dividiu as cinzas porque não chegaram a um acordo sobre o nome da lápide de seu filho.

O casal dividiu as cinzas porque não chegaram a um acordo sobre o nome da lápide de seu filho.

Os pais de um adolescente transexual de 15 anos que se suicidou despediram-se dele em dois funerais separados. O casal dividiu as cinzas porque não chegaram a um acordo sobre o nome da lápide de seu filho.

O adolescente transexual de 15 anos de Perth morreu no hospital em 4 de março após uma tentativa de suicídio. Quando se tratava de assuntos formais, seus pais não podiam decidir qual nome colocar na lápide – a mulher dada à criança no nascimento ou o homem dado mais tarde pela criança.

A mãe do adolescente disse que estava pronta para levar o assunto ao Supremo Tribunal Federal, acrescentando que seu filho “odiaria” ter o nome errado em sua lápide. A mulher disse que seu filho estava lutando por sua identidade e estava até preocupada com o nome que seria usado para o login do e-mail da escola.

Propaganda. Role para continuar lendo.

Os pais finalmente dividiram as cinzas, escreveram os dois nomes nas placas comemorativas e disseram adeus ao filho em dois cultos separados.

No entanto, apenas o nome de solteira do adolescente (feminino) consta da certidão de óbito, pois seu nome não foi oficialmente alterado antes da morte. As crianças na Austrália Ocidental não têm permissão para mudar seus nomes sem o consentimento de ambos os pais. Se apenas um dos pais concordar, o caso vai para o tribunal de família.

Quando o adolescente tinha 14 anos, foi diagnosticado com transtorno de personalidade limítrofe. Sua mãe só soube disso um dia antes de seu suicídio. Ela disse que não tinha certeza se saber sobre a doença o teria mantido vivo, mas ela definitivamente prestou mais atenção nele. “Ele precisava de mais supervisão do que estava recebendo”, disse ela.

Propaganda. Role para continuar lendo.

Fonte: RT


Lacração no Futebol: Vasco anuncia que associados Trans poderão utilizar seus nomes sociais na carteirinha do clube

Pai enfrentando prisão por não cooperar com a “transição” da filha adolescente para o sexo masculino

Homem biológico que se identifica como transgênero vence concurso de beleza para mulheres no Miss Silver State

Absurdo: Professores argumentam que a educação sexual LGBTQ deve começar cedo, antes que ‘valores Tradicionais’ se tornem ‘mais profundamente enraizados’


Comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

BRASIL

Mente tortuosa da petista considerava que a miséria poderia ser solucionada por decreto

Artigos

Segundo o cientista da comunicação, existem várias explicações para os jornalistas serem politicamente esquerdistas.

Artigos

Entidades apoiadas pelo bilionário são ligadas a causas progressistas, como a legalização do aborto, desarmamento e liberação das drogas

MUNDO

Mudança consta na proposta de Orçamento dos EUA e gerou críticas de setores conservadores

Anúncios