Siga-nos em

Buscas no site

20% Dos Bares E Restaurantes Fecharam As Portas Na Pandemia
20% Dos Bares E Restaurantes Fecharam As Portas Na Pandemia
20% Dos Bares E Restaurantes Fecharam As Portas Na Pandemia

BRASIL

Bloqueios: 20% dos bares e restaurantes fecharam as portas na pandemia

Abrasel-SP diz que, em todo o estado, das 250 mil empresas do setor, 50 mil deixaram de existir durante a pandemia e que 400 mil funcionários perderam seus postos de trabalho no mesmo período.

Abrasel estima que 50 mil estabelecimentos deixaram de existir por conta das restrições

As frequentes restrições de funcionamento de bares e restaurantes durante a pandemia de Covid-19 tiveram sua face mais perversa traduzida em dados divulgados pela Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel-SP). Segundo a entidade, cerca de 12 mil estabelecimentos fecharam as portas desde março de 2020 em São Paulo capital.

O número é referente a bares, restaurantes e lanchonetes que não conseguiram se manter em funcionamento na capital paulista. A restrição de funcionamento imposta por governo e prefeitura durante a pandemia de Covid-19 é citada como a maior culpada por tal situação.

Em todo o estado, das 250 mil empresas do setor, 50 mil deixaram de existir durante a pandemia, o que representa um assustador percentual de 20% dos estabelecimentos. Do 1,8 milhão de empregados do ramo no estado, 400 mil perderam seus postos de trabalho no mesmo período, o que representa mais de 22% dos empregos.

Propaganda. Role para continuar lendo.

No sábado (24), a capital paulista entrou na segunda semana da fase transitória do Plano São Paulo e bares e restaurantes poderão reabrir. Porém, de acordo com a Abrasel-SP, 20% dos estabelecimentos da capital não devem retomar as atividades porque os custos de operação já não compensam.

Entre os estabelecimentos que conseguiram reabrir depois de 104 dias fechados entre março e julho de 2020, estima-se que de 10% a 15% deles irão colapsar. Cerca de 85% dos negócios correm risco de fechar se não houver auxílio para o pagamento de salários de funcionários e redução de jornada, de acordo com a Abrasel-SP.

Cerca de 12 mil bares, restaurantes e lanchonetes fecharam suas portas de vez desde março de 2020 na cidade de São Paulo. A principal causa apontada são as restrições de funcionamento impostas pela pandemia de coronavírus

Propaganda. Role para continuar lendo.

A principal causa apontada são as restrições de funcionamento impostas pela pandemia de coronavírus. Os dados são da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel-SP).

Fonte: G1


375 mil salões de beleza no país fecharam as portas na pandemia

EUA: Estados sem fechamentos com baixa contagem de casos de COVID mostram que os bloqueios são uma farsa

Argentinos se revoltam e vão às ruas contra os fechamentos

Deputada: “Fechar tudo e deixar o povo passar fome é covardia”


Propaganda. Role para continuar lendo.
Comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Artigos

O tratamento odontológico não colocará você em risco de contrair COVID-19, afirma um novo estudo.

Artigos

“Obviamente, usar o medo como meio de controle não é ético. Usar o medo cheira a totalitarismo. Não é uma postura ética para nenhum...

BRASIL

PM não faz mais estimativa de público, mas é difícil identificar atos que tenham rivalizado em dimensões

Artigos

Empresas, líderes políticos e até a OMS estariam acobertando real origem do vírus

Anúncios