O Lutador De MMA, Ilay Barzilay, De 22 Anos O Lutador De MMA, Ilay Barzilay, De 22 Anos

Bolsonaro critica Lula por Fracasso em negociar com Hamas pela libertação de brasileiro

Bolsonaro critica Lula por suposta falha na negociação com Hamas para libertação de refém

No sábado (25), o ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) expressou críticas ao presidente Luiz Inácio da Silva (PT), acusando-o de falhar na negociação com o pela libertação de Michel Nisenbaum, de 59 anos, que acabou sendo morto pelo grupo terrorista após os ataques ocorridos em 7 de outubro de 2023. Na sexta-feira anterior, havia informado que o corpo de Nisenbaum foi resgatado após uma operação realizada pelas Forças de Defesa de Israel (FDI) na quinta-feira (23).

“O Hamas executou o refém brasileiro e Lula, mais uma vez, não foi ouvido (se é que ele se empenhou) pelos seus amigos terroristas”, disse Bolsonaro ao compartilhar uma declaração de Lula sobre o conflito no Médio. No sábado, o petista afirmou que Israel “continua matando mulheres e crianças” na .

“Também quero pedir para vocês uma solidariedade às mulheres e crianças que estão morrendo na Palestina por conta da irresponsabilidade do governo de Israel, que continua matando mulheres e crianças. E a gente não pode se calar diante das aberrações. A gente não pode deixar de ser solidário. Porque amanhã a gente vai precisar de solidariedade”, disse Lula em Guarulhos (SP).

Apesar de não citar o brasileiro no evento de sábado, Lula lamentou a morte de Nisenbaum na sexta-feira (24). “Soube, com imensa tristeza, da morte de Michel Nisenbaum, brasileiro mantido refém pelo Hamas. Conheci sua irmã e filha, e sei do amor imenso que sua família tinha por ele”, declarou Lula em seu perfil no “X”.

Para o Poder360, a família de Nisenbaum expressou sua decepção com o petista, afirmando que ele “não ajudou” no resgate.

Na publicação em questão, Bolsonaro trouxe à tona o episódio envolvendo a ex-parlamentar Ingrid Betancourt. Em 2002, Betancourt foi raptada pelas Farc (Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia), sendo mantida como refém em um cativeiro na floresta colombiana até 2008. Além disso, ele expressou críticas ao Foro de São Paulo, uma organização fundada em 1990 por Lula e pelo antigo presidente cubano Fidel Castro.


Veja também

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *