Siga-nos em

Buscas no site

Bolsonaro Diz Que Vai Vetar Fundo Eleitoral De R$ 5,7 Bilhões
Bolsonaro Diz Que Vai Vetar Fundo Eleitoral De R$ 5,7 Bilhões
Bolsonaro Diz Que Vai Vetar Fundo Eleitoral De R$ 5,7 Bilhões

BRASIL

Bolsonaro diz que vai vetar fundo eleitoral de R$ 5,7 bilhões

Na semana passada, durante sessão do Congresso, parlamentares ampliaram gastos para campanha de 2022 – valor foi de R$ 1,8 bilhão em 2018

Na semana passada, durante sessão do Congresso, parlamentares ampliaram gastos para campanha de 2022 – valor foi de R$ 1,8 bilhão em 2018

O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta segunda-feira (19/7) que não irá sancionar o fundo eleitoral de R$ 5,7 bilhões, aprovado pelo Congresso Nacional na semana passada.

“O valor é astronômico, mais de R$ 6 bilhões para se fazer campanha eleitoral. […] Então, é uma cifra enorme, que no meu entender está sendo desperdiçada, caso ela seja sancionada. Posso adiantar para você que não será sancionada”, disse em entrevista à TV Brasil.

“Eu tenho que conviver em harmonia com o Legislativo. E nem tudo que eu apresento ao Legislativo é aprovado. E nem tudo que o Legislativo aprova, vindo deles, eu tenho que sancionar do lado de cá. Mas a tendência nossa é não sancionar isso daí em respeito ao trabalhador, ao contribuinte brasileiro”, prosseguiu.

Atualmente, os partidos têm duas fontes de recursos públicos para financiar as campanhas e as atividades cotidianas: o Fundo Eleitoral e o Fundo Partidário. O primeiro é a principal fonte para a realização das campanhas eleitorais. Já o Fundo Partidário, distribuído anualmente, visa cobrir as atividades frequentes das legendas.


Bolsonaro dispara: ‘Eleição não auditável não é eleição, é fraude’

Anvisa libera estudo com remédio apoiado por Bolsonaro

“Ramos é tão insignificante que esqueci o nome” diz Bolsonaro

‘Loucura’: Freixo cita temporais na Europa e diz que Bolsonaro é “cúmplice”


Propaganda. Role para continuar lendo.
Comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

BRASIL

Relator da PEC sobre a medida diz que a reforma ministerial pode ter solucionado entrave político

BRASIL

Congressista também criticou estratégia que promoveu troca de congressistas que eram favoráveis à medida

BRASIL

Capitais e diversas cidades pelo Brasil registraram atos já na manhã deste domingo

BRASIL

Chefe da pasta de Infraestrutura afirmou que as novas concessões já isentarão as motos

Anúncios