Siga-nos em

Buscas no site

Presidente Jair Bolsonaro
Presidente Jair Bolsonaro
Presidente Jair Bolsonaro Foto: Alan Santos/PR

BRASIL

Bolsonaro ironiza ‘dança’ de Doria na Paulista: ‘Coisa ridícula’

Presidente zombou de atitude do governador de SP

Presidente zombou de atitude do governador de SP

O presidente Jair Bolsonaro zombou da participação do governador de São Paulo, João Doria, nas manifestações do dia 12, convocadas pelo Movimento Brasil Livre (MBL), na capital paulista. Em conversa com apoiadores, em frente ao Palácio da Alvorada, Bolsonaro comentou sobre o tucano.

– Você viu o Doria dançando ontem? Que coisa ridícula – di O presidente também minimizou o impacto dos atos organizados pela oposição, que teve baixa adesão e virou piada nas redes sociais.

– Quatro presidenciáveis ali e não botou ninguém na Paulista – observou, fazendo referência às participações de Doria, do ex-ministro da Saúde Luís Henrique Mandetta (DEM), do ex-governador do Ceará Ciro Gomes (PDT) e do fundador do partido Novo João Amoêdo.

De acordo com dados da Secretaria de Segurança Pública de SP, o ato da chamada “terceira via” reuniu cerca de 6 mil manifestantes, quase 5% da quantidade de pessoas que estiveram nos atos a favor de Bolsonaro, no dia 7 de setembro, quando 125 mil apoiadores estiveram na avenida Paulista.


Bolsonaro assina MP que antecipa venda direta de etanol aos postos

Perseguição: Marvel demite desenhista após ilustração pró-Bolsonaro

Paulo Skaf elogia atitude de Bolsonaro: ‘mostrou desprendimento pessoal’

Bolsonaro: “Minoria que foi às ruas ontem é digna de pena”,


Propaganda. Role para continuar lendo.
Comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

BRASIL

Presidente discursou e foi ovacionado

BRASIL

Integrantes do Supremo consideram que não há elementos para comprovar o cometimento de crimes por Bolsonaro

BRASIL

O presidente reclamou de julgamentos no STF que têm derrubado a obrigatoriedade da compra e manutenção no acervo do livro religioso

MUNDO

Venezuelano se pronunciou por meio de uma rede social, nesta quarta-feira

Anúncios