Siga-nos em

Buscas no site

Bolsonaro Quer Impeachment De Moraes E Barroso No Senado
Bolsonaro Quer Impeachment De Moraes E Barroso No Senado
Bolsonaro Quer Impeachment De Moraes E Barroso No Senado

BRASIL

Bolsonaro quer impeachment de Moraes e Barroso no Senado

Presidente afirmou que apresentará os pedidos, mas que não irá “tentar cooptar senadores”

Presidente afirmou que apresentará os pedidos, mas que não irá “tentar cooptar senadores”

O presidente Jair Bolsonaro afirmou, nesta terça-feira (17), que irá pedir o impeachment dos ministros Alexandre de Moraes e Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal (STF). Em entrevista à Rádio Capital Notícia, de Cuiabá (MT), ele afirmou, no entanto, que não irá fazer como Barroso e “tentar cooptar senadores”.

No sábado (14), Bolsonaro havia dito que iria pedir ao presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), a abertura de um processo para investigar os dois ministros. De acordo com ele, o pedido terá por base o artigo 52 da Constituição Federal, que trata justamente da competência do Senado para processar autoridades como os ministros do Supremo Tribunal Federal.

Ao retomar o assunto nesta terça-feira, o presidente disse que, após apresentar os pedidos, o Senado é quem terá que decidir.

Propaganda. Role para continuar lendo.

– Essa semana tenho novidades, dentro das 4 linhas da Constituição, temos novidades pela frente. Vou entrar com pedido de impedimento dos ministros no Senado, colocar lá. O que o Senado vai fazer? Está com o Senado agora, é independência – apontou.

Bolsonaro então criticou uma atuação de Barroso, presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), pela derrubada do voto impresso auditável na Câmara.

– Não vou agora tentar cooptar senadores de uma forma ou de outra oferecendo alguma coisa e etc para eles votarem o impeachment deles. Não vou fazer como o senhor ministro Barroso, do TSE, que foi para dentro do parlamento se reunir com lideranças partidárias – ressaltou.

Ele, no entanto, disse que suas críticas não são direcionadas a todo os ministros do STF.

– Nunca ninguém me viu atacando 11 ministros do STF, quem fala isso está mentindo porque não tem como provar. Eu critico pontualmente, como alguns senadores, alguns deputados e alguns ministros. Como eu sou criticado também, isso faz parte da vida democrática – destacou.


Bolsonaro: ‘Terão novidades, dentro das quatro linhas da Constituição’

Deputado do CE denuncia prova escolar que ataca Jair Bolsonaro

STF manda investigar Polícia Civil por combater traficantes em favelas

Defesa de Roberto Jefferson agradece apoio de Jair Bolsonaro


Propaganda. Role para continuar lendo.
Comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

BRASIL

Produtos de acessibilidade também tiveram os impostos reduzidos a 0%

BRASIL

Ministro defendeu o presidente após críticas de setores da imprensa brasileira

BRASIL

Fred Ring disse ainda que quem demonstra apoio é "cancelado" pelos colegas

BRASIL

Com as alterações, emissoras interessadas na transmissão de jogos poderão negociar apenas com o mandante das partidas

Anúncios