Siga-nos em

Buscas no site

Bolsonaro Questiona Se Covid 19 Faz Parte De Guerra Química
Bolsonaro Questiona Se Covid 19 Faz Parte De Guerra Química
Bolsonaro Questiona Se Covid 19 Faz Parte De Guerra Química

BRASIL

Bolsonaro questiona se Covid-19 faz parte de “guerra química”

Em evento, presidente afirmou que ninguém sabe de onde surgiu o vírus

Em evento, presidente afirmou que ninguém sabe de onde surgiu o vírus

Durante um evento no Palácio do Planalto nesta quarta-feira (5), o presidente Jair Bolsonaro falou sobre a Covid-19 e questionou se o vírus não faz parte de uma “guerra química”.

Em seu discurso, ele falou que ninguém sabe de onde surgiu o vírus.

– É um vírus novo. Ninguém sabe se nasceu em laboratório ou nasceu porque um ser humano ingeriu um animal inadequado. Mas está aí […]. Os militares sabem que é guerra química, bacteriológica e radiológica […]. Será que não estamos enfrentando uma nova guerra? Qual o país que mais cresceu seu PIB? Não vou dizer a vocês – apontou.

No evento, Bolsonaro também falou sobre a CPI da Covid e defendeu que os senadores ouçam especialistas que defendam o “tratamento precoce”.

Propaganda. Role para continuar lendo.

Absurdo: Paulo Coelho culpa bolsonaristas pela morte de Paulo Gustavo

Bolsonaro chama de “canalha” quem fala contra tratamento precoce

Bolsonaro chama de “canalha” quem fala contra tratamento precoce

Por que a nação mais vacinada do mundo está fechando novamente?


Comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

BRASIL

Ex-presidente da Câmara dos Deputados protagonizou embates públicos com o presidente da sigla

BRASIL

Dessas pessoas, duas tinham recebido apenas a 1ª dose da AstraZeneca, 11 as duas doses da AstraZeneca e 31 pessoas tinham recebido as duas...

Artigos

226 casos entre pessoas com menos de 30 anos podem se encaixar na definição de trabalho da agência de inflamação cardíaca pós-vacina, o vice-diretor...

Artigos

Os bebês mostram fortes respostas imunológicas ao SARS-CoV-2, descobriu uma nova pesquisa.

Anúncios