Siga-nos em

Buscas no site

Caio Coppolla Defendia Viés De Direita Na Emissora
Caio Coppolla Defendia Viés De Direita Na Emissora
Caio Coppolla defendia viés de direita na emissora Foto: CNN

BRASIL

Caio Coppolla vai deixar a CNN Brasil no final do mês

Decisão de não renovar o contrato foi tomada em comum acordo

Decisão de não renovar o contrato foi tomada em comum acordo

O comentarista Caio Coppolla não terá seu contrato renovado com a CNN Brasil e deixará a emissora no fim do mês de outubro. Segundo informações do colunista Mauricio Stycer, a decisão foi tomada em comum acordo entre as partes.

Coppolla estava afastado do canal há cinco meses, desde o fim do quadro O Grande Debate, em que ele defendia ideais de direita e conservadores, em contraponto a advogados de esquerda e progressistas.

O comentarista estava na emissora desde março de 2020, escalado para debater com a advogada Gabriela Prioli. Desde então, houve a sucessiva substituição de seus oponentes, até a emissora determinar o fim do programa.

Propaganda. Role para continuar lendo.

Coppolla iniciou como analista político na Jovem Pan, participando do programa Morning Show. Em janeiro deste ano, a emissora chegou a anunciar a volta do comentarista, mas voltou atrás, pois o contrato de Coppola com a CNN previa exclusividade. Espera-se, agora, que ele retorne para a rádio paulista.


Garcia fala sobre ‘Liberdade de Opinião’ sem liberdade da CNN

YouTube de Garcia já tem mais inscritos que o canal da CNN Brasil

Presidente da Croácia critica CNN: “Espalham o pânico”

Bolsonaro diz que demissão de Alexandre Garcia da CNN é “absurda”


Comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Notícias

Mark Zuckerberg parece se preocupar mais com os resultados financeiros do que com a liberdade de expressão.

BRASIL

No site, é possível contribuir com assinatura de 10 dólares mensais

BRASIL

Site não pode mais ser acessado, enquanto páginas do YouTube foram derrubadas a pedido do STF

BRASIL

Durante live do Terça Livre, jornalista explicou que vai " usar de todos os requisitos dos quais" tem direito nos EUA

Anúncios