Siga-nos em

Buscas no site

Catar Quer Vacinação Completa De Jogadores Para Copa Do Mundo
Catar Quer Vacinação Completa De Jogadores Para Copa Do Mundo
Fifa tenta um acordo para não correr o risco de nenhum atleta acabar fora do torneio | Imagem: Pixabay

MUNDO

Catar quer vacinação completa de jogadores para Copa do Mundo

Nos bastidores, a Fifa tenta um acordo para não correr o risco de nenhum atleta acabar fora do torneio

Nos bastidores, a Fifa tenta um acordo para não correr o risco de nenhum atleta acabar fora do torneio

Tema recorrente do universo esportivo, o debate sobre a vacinação de atletas contra a covid-19 pode voltar a ganhar nos próximos meses. O governo do Catar quer que todos os jogadores convocados para a Copa do Mundo de 2022 estejam imunizados contra a doença. Nos bastidores, a Fifa tenta um acordo para não correr o risco de nenhum atleta acabar fora do torneio.

Segundo o site The Athletic, conversas entre as autoridades médicas do Catar e membros da entidade vêm sendo discutidas nas últimas semanas para que uma solução amigável seja encontrada, e afastar qualquer possibilidade de algum astro não ir ao mundial. Diferentes opções estão sendo discutidas, incluindo testes negativos a cada três dias. Os protocolos para a competição ainda não foram aprovados.

Em junho, o primeiro-ministro do país afirmou que todos os torcedores que comparecerem ao torneio em novembro próximo ano terão que estar totalmente vacinados. A ideia é submeter os atletas às mesmas condições. O Catar tenta garantir mais um milhão de doses para imunizar os espectadores.

Propaganda. Role para continuar lendo.

O Catar aplicou mais de 4,6 milhões de vacinas até o momento, cerca de 82% da população — uma das taxas mais altas do planeta. O primeiro grande teste do país acontece a partir do dia 30 de novembro, quando ocorre a Copa Árabe. O torneio será realizado como evento-teste para a Copa do Mundo.

Primeira grande competição pós-pandemia, os Jogos de Tóquio ficaram marcados pela decisão de alguns atletas de não se vacinarem contra a covid. Foi o caso do nadador Mathew Andrew, medalha de ouro e recordista no revezamento 4×100. Recentemente, a NBA anunciou que não vai exigir que atletas sejam imunizados contra a doença. A liga conta com 90% dos jogadores imunizados.


EUA libera entrada de turistas vacinados a partir de novembro

Ministro ironiza vacinas do Consórcio Nordeste que nunca chegaram

Passaporte Sanitário: Mulher se vacina no Rio com cartaz “não à ditadura sanitária”

‘Passaporte da vacina’ falso é vendido por cambistas em show no Rio


Propaganda. Role para continuar lendo.
Comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

BRASIL

Resolução autoriza a retomada de julgamentos e outras atividades presenciais envolvendo público externo a partir do dia 3 de novembro

BRASIL

Parlamentar diz que a medida visa proibir a punição de pessoas que exerçam o direito de não se submeterem à vacinação

BRASIL

Durante entrevista a uma rádio, presidente rebateu uma polêmica envolvendo a vacina contra a Covid-19

BRASIL

Funcionários da administração pública são "obrigados" a se vacinar desde setembro

Anúncios