Siga-nos em

Buscas no site

Chile Veta Vacina Da AstraZeneca Para Mulheres Com Menos De 55 Anos
Chile Veta Vacina Da AstraZeneca Para Mulheres Com Menos De 55 Anos
Chile Veta Vacina Da AstraZeneca Para Mulheres Com Menos De 55 Anos

MUNDO

Chile veta vacina da AstraZeneca para mulheres com menos de 55 anos

Objetivo é evitar risco de trombose com as vacinas AstraZeneca

Objetivo é evitar risco de trombose

O Chile anunciou, nesta segunda-feira (19), que restringirá a administração da vacina contra a Covid-19 desenvolvida pela AstraZeneca e pela Universidade de Oxford, aprovada em janeiro. O país somente aplicará o imunizante às mulheres com mais de 55 anos e aos homens com mais de 18, para evitar o risco de trombose.

– A taxa de notificação de trombose é muito baixa, no entanto, para resguardar a segurança absoluta, (a vacina) será usada nesta população – afirmou a subsecretária de Saúde, Paula Daza.

A decisão foi tomada por recomendação do Instituto de Saúde Pública, que considerou as indicações da Agência Europeia de Medicamentos e assegurou que “os casos de coágulos sanguíneos foram apresentados em mulheres jovens” e que “os benefícios da vacina superam os riscos”.

O Chile já vacinou mais de 50% da população-alvo (cerca de 13 milhões de habitantes) com ao menos uma dose, e mais de 35% já receberam duas doses.

Propaganda. Role para continuar lendo.

Embora o país tenha um dos processos de vacinação mais rápidos e bem-sucedidos do mundo, o governo não tem conseguido frear a propagação do vírus.

Desde o final de março, entre 80% e 90% da população está confinada para conter o avanço da segunda onda da pandemia, que deixou o sistema hospitalar à beira do colapso, inclusive na capital, que mantém desde então todos os comércios fechados, exceto os de primeira necessidade.

A taxa de ocupação nos leitos de unidades de terapia intensiva (UTI) supera 95% há semanas. Nas últimas 24 horas, foram contabilizadas 3.364 pessoas internadas em UTIs, o que significa que restam apenas 198 vagas em todo o país.

Propaganda. Role para continuar lendo.

Desde domingo (18), foram reportados cem novas mortes por complicações da Covid-19 e 6.643 novos casos, totalizando 25.277 óbitos e mais de 1,13 milhões de contágios desde que o coronavírus chegou ao Chile.

Para frear a propagação do vírus, as fronteiras estão fechadas e as eleições que seriam realizadas em 10 e 11 de abril foram adiadas para 15 e 16 de maio. O Chile se encontra em estado de exceção por catástrofe há mais de um ano e com toque de recolher das 21h às 5h.

Fonte: Agência EFE

Propaganda. Role para continuar lendo.

Dinamarca quer doar as vacinas AstraZeneca para países mais pobres após dizer que elas são muito perigosas para os dinamarqueses

Milhares de pessoas vacinadas nos EUA infectadas com COVID-19

Mesmo após tomar a segunda dose da vacina Médico morre por complicações da Covid-19

DESCOBERTA DE PESQUISADORES: Uma droga usada há 50 anos bloqueia os danos pulmonares causados pela covid


Comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

MUNDO

A decisão do governo se estende a todos os funcionários das instituições de ensino que não cumprirem esses requisitos

BRASIL

Programa da Jovem Pan teve acesso a uma carta de Carla Von Gabriel Wong

BRASIL

Aposta seria sobre a questão dos anticorpos de Covid-19

Artigos

Sarah Gilbert acredita que o novo coronavírus fica mais fraco à medida que a população adquire defesas contra a doença

Anúncios