Siga-nos em

Buscas no site

China Some Com Mãe Que Protestou Contra Vacinas Chinesas Defeituosas
China Some Com Mãe Que Protestou Contra Vacinas Chinesas Defeituosas
China Some Com Mãe Que Protestou Contra Vacinas Chinesas Defeituosas

Artigos

China some com mãe que protestou contra vacinas chinesas defeituosas

A filha de He, Li Qi, “ficou paralisada e foi diagnosticada com uma doença neurológica após receber vacinas chinesas defeituosas

A filha de He, Li Qi, “ficou paralisada e foi diagnosticada com uma doença neurológica após receber vacinas chinesas defeituosas

A manifestante chinesa He Fangmei, cuja filha adoeceu após receber vacinas defeituosas, está desaparecido desde sua prisão em 9 de outubro por respingar tinta em um prédio do governo em protesto, informou a Rádio Free Asia (RFA) esta semana.

Ativistas de direitos humanos expressaram preocupação com sua segurança após seu desaparecimento.

Em março de 2018, a filha de He, Li Qi, “ficou paralisada e foi diagnosticada com uma doença neurológica após receber vacinas contra hepatite A, sarampo e outras doenças”, de acordo com os Defensores dos Direitos Humanos da China (CHRD). Os testes acabaram determinando que as vacinas defeituosas eram responsáveis ​​pela deficiência da filha.

O infortúnio de Li não é um incidente isolado. A questão de vacinas falsas ou defeituosas afetando centenas de milhares de doses no mercado chinês forçou o ditador chinês Xi Jinping a ordenar uma investigação em agosto de 2018, resultando na prisão de muitos executivos de biotecnologia de alto nível, incluindo o presidente de Chensheng, Gao Junfang. Chengsheng era um dos maiores fabricantes de vacinas da China na época.

Após as prisões, uma investigação sobre a venda de vacinas defeituosas por Chengsheng revelou que a empresa vendeu cerca de meio milhão de doses defeituosas sozinhas, com vendas semelhantes por outras empresas elevando o número total na China para mais de 1 milhão. O Partido Comunista Chinês (PCC) tem lutado para lidar com o escândalo e a opinião pública permanece decisivamente negativa. No início de 2019, meses após o escândalo estourar, um vídeo viral mostrava uma multidão enfurecida atacando um oficial de saúde na província de Jiangsu.

Desde a incapacitação de sua filha, ele tem feito campanha vigorosa pela restituição das autoridades chinesas, acumulando um extenso histórico de prisões no processo. Embora ela tenha processado com sucesso o Centro de Controle e Prevenção de Doenças do condado de Hui sobre o assunto, ela enfrentou assédio contínuo das autoridades locais e não conseguiu obter tratamento para sua filha em Pequim, informou a RFA.

Sua busca por justiça gerou vários protestos públicos e problemas legais subsequentes. A prisão em 9 de outubro foi o resultado de sua pulverização de tinta em um prédio do governo local. Ela já havia feito o mesmo protesto em 2 de outubro e foi presa na época, mas a polícia a libertou por estar grávida na época.

Antes dos protestos de outubro, ele já havia desenvolvido uma extensa história com as autoridades chinesas sobre o ativismo dela. Ela passou grande parte de 2019 lutando contra-acusações criminais depois de ser presa em fevereiro daquele ano por participar de uma manifestação em frente à Comissão Nacional de Saúde em Pequim. Ele permaneceu sob custódia até 10 de janeiro de 2020, quando o governo retirou as acusações, observou o CHRD.

Sua localização atual permanece desconhecida. RFA soube com a associada de He, Tan Hua, uma receptora de vacinas ruins e sua aliada ativista, que Ela permanece em “detenção não oficial” pela polícia local e que sua filha incapacitada também foi detida.

Até agora, as autoridades bloquearam as investigações dos colegas ativistas de He e até mesmo de seu marido, Li Xin. Li, por sua vez, permaneceu sob intenso monitoramento durante as muitas batalhas jurídicas de sua esposa. Em 2019, em meio à detenção de He, as forças de segurança de Huixian sequestraram Li e sua filha deficiente em Pequim, acabando por retirá-los da cidade, informou o CHRD.

Li viajou para Pequim após a prisão de sua esposa em 9 de outubro, buscando divulgar o problema, mas as autoridades supostamente desativaram seu telefone celular e o pressionaram repetidamente para voltar para sua casa na província de Henan.

Em meio à pandemia do coronavírus chinês, o regime comunista prometeu ao mundo vacinas gratuitas, ainda não desenvolvidas, para combater a disseminação.

Antecedentes sobre vacinas com defeito

Os problemas com vacinas defeituosas que estimularam a mãe em bsuca de seus direitos estão relacionados a um dos escândalos de saúde pública mais significativos na China nos últimos anos. Após a eclosão de alegações e uma investigação governamental subsequente sobre o assunto, a Changsheng Biotechnology, um fabricante de vacinas com base na província de Jilin, no norte da China, vendeu 250.000 vacinas defeituosas e inspeções fabricadas desde 2014. O Wuhan Institute estatal da Biological Products, outro grande produtor de vacinas, também estava produzindo inoculações defeituosas para crianças. Em resposta ao escândalo, as autoridades chinesas demitiram dezenas de funcionários dessas empresas e cobraram multas dos fabricantes. Em junho, o legislativo da China aprovou uma lei sobre a administração de vacinas em resposta ao escândalo, 


Enquanto Dória fala em 5 Milhões de vacinas em outubro: China quer conter expectativas sobre as vacinas em teste

PREPARE-SE PARA USAR MÁSCARAS COM DISTÂNCIA SOCIAL, MESMO DEPOIS DE RECEBER A VACINA COVID-19

A pandemia do COVID-19 é um caso de pesquisa de vacinas que deu errado?

Participantes do teste da vacina COVID-19 relatam dores, febres e calafrios


Comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Útimas

MUNDO

O chefe da Organização Mundial da Saúde sugeriu que as restrições ao coronavírus continuarão mesmo depois que uma vacina for amplamente disponibilizada.

ECONOMIA

Reino Unido está caminhando para “falências em massa de negócios” e “desemprego em massa”

MUNDO

“Todos nós temos o mesmo objetivo em mente, que é usar o processo legal nos próximos dias e semanas para garantir que o presidente...

MUNDO

Saudação dos globalistas: Angela Merkel, Presidente da UE Saudações Futuro 'Cooperação' com Joe Biden

MUNDO

Graças a Deus não cabe a Cuomo sobre como a nação procede. Ele estragou tudo em Nova York, ele não pode falhar nacionalmente.

Você pode gostar

MUNDO

O chefe da Organização Mundial da Saúde sugeriu que as restrições ao coronavírus continuarão mesmo depois que uma vacina for amplamente disponibilizada.

ECONOMIA

Reino Unido está caminhando para “falências em massa de negócios” e “desemprego em massa”

MUNDO

Graças a Deus não cabe a Cuomo sobre como a nação procede. Ele estragou tudo em Nova York, ele não pode falhar nacionalmente.

MUNDO

Apesar das repetidas falhas em produzir e administrar vacinas com segurança aos seus cidadãos, o Partido Comunista Chinês insiste que em breve lançará uma...