Siga-nos em

Buscas no site

Deputado Do CE Denuncia Prova Escolar Que Ataca Jair Bolsonaro
Deputado Do CE Denuncia Prova Escolar Que Ataca Jair Bolsonaro
Deputado Do CE Denuncia Prova Escolar Que Ataca Jair Bolsonaro

BRASIL

Deputado do CE denuncia prova escolar que ataca Jair Bolsonaro

Questões de exame em escola de Fortaleza forçam alunos a criticar o presidente para conquistar nota positiva

Questões de exame em escola de Fortaleza forçam alunos a criticar o presidente para conquistar nota positiva

O deputado estadual André Fernandes (Republicanos-CE) denunciou, em suas redes sociais, uma prova escolar aplicada em uma escola municipal em Fortaleza, capital do Ceará, contendo ataques ao presidente Jair Bolsonaro em seu conteúdo. No exame, o professor usa as questões para atacar a condução do chefe do Executivo durante a pandemia de Covid-19.

Com uma cópia da prova nas mãos, o parlamentar mostrou o conteúdo a seus seguidores. De acordo com ele, o exame de Geografia foi formulado/aplicado pelo professor Carlos Vasconcelos com estudantes do Ensino de Jovens e Adultos (EJA) da Escola Municipal Florival Alves Seraine. Na prova, segundo o deputado, o educador induz os alunos a criticar o presidente da República.

Em uma das questões, por exemplo, o professor pergunta aos alunos quem seria o culpado pelas mortes causadas pela Covid-19 no país e inclui o nome de Bolsonaro como uma das alternativas. Posteriormente, no gabarito, a resposta certa é justamente essa, o que faz com que os estudantes sejam “obrigados” a atacar o presidente para conseguir a nota positiva.

Propaganda. Role para continuar lendo.

– Algo que deveria ser uma opção, ele colocou como se fosse certeza, e quem não concordar pode até zerar em uma prova dessas – protesta o deputado André Fernandes.

Em outro enunciado, o professor escreve: “O presidente Jair Bolsonaro, mesmo sem ser médico e não tendo nenhuma formação na área de saúde, estava prescrevendo medicação sem nenhuma confirmação de eficácia comprovada para a população brasileira, remédio para o combate ao coronavírus. Quais os nomes destes medicamentos?”.

Indignado com o fato, o deputado estadual informou que vai comunicar o fato à Advocacia-Geral da União (AGU) e denunciará a questão na Secretaria Municipal de Educação de Fortaleza, para que as providências sejam tomadas sobre o caso.

– Isso aqui que estou em mãos [a prova] é um absurdo, chega inclusive a ser crime – completa o deputado no vídeo.

Propaganda. Role para continuar lendo.

Hipocrisia esquerdista: Foto do presidente da Argentina em festa na quarentena viraliza

Sérgio Reis organiza ato pró-Bolsonaro com caminhoneiros

Defesa de Roberto Jefferson agradece apoio de Jair Bolsonaro

Petistas jogam bomba de fumaça em militares durante desfile


Comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Notícias

Deputado José Guimarães admite a possibilidade "desde que seja combinado o jogo"

BRASIL

Arthur do Val teve vídeo exposto nas redes sociais

BRASIL

Escolha dos temas e personalidades homenageadas é alvo de críticas

BRASIL

Ator criticou deputada por defender a "terceira via"

Anúncios