Siga-nos em

Buscas no site

Deputados Fazem Manobra Nos Bastidores Para Tentar Derrubar O Voto
Deputados Fazem Manobra Nos Bastidores Para Tentar Derrubar O Voto
Deputados Fazem Manobra Nos Bastidores Para Tentar Derrubar O Voto

BRASIL

Deputados fazem manobra nos bastidores para tentar derrubar o voto ‘impresso’ hoje

Articulação ocorreu na calada da noite

Articulação ocorreu na calada da noite

Vinte parlamentares tentam abortar nesta sexta-feira, 16, a proposta de emenda à Constituição (PEC) que trata do voto auditável. O objetivo é apreciar o parecer do relator, deputado Filipe Barros (PSL-PR), e derrubá-lo antes do recesso, que começa amanhã. Pretende-se, ainda, substituir Barros por alguém que não apoia o texto. A ofensiva é liderada pelo deputado Hildo Rocha (MDB-MA), que conseguiu aprovar na madrugada de hoje uma autoconvocação do colegiado sem o consentimento do comando bolsonarista.

Participam da linha de frente contra a PEC integrantes do PT, PSDB, PDT, Solidariedade, PCdoB, PV, Republicanos, PSOL, DEM, PSD e até o Patriota. Conforme noticiou a Revista Oeste, o presidente da comissão, Paulo Eduardo Martins (PSC-PR), articulava-se com a finalidade de adiar para agosto a análise da medida. Os bolsonaristas tentarão ainda hoje barrar o avanço da oposição no colegiado, às 15h. A PEC perdeu maioria na comissão depois de ministros do Supremo Tribunal Federal entrarem em campo para sepultá-la.

Com placar desfavorável na comissão, líderes bolsonaristas tentaram aprovar um requerimento de modo a proibir a realização de sessões de comissões especiais entre 16 e 20 de julho. A proposta foi apresentada pelo deputado Cacá Leão (PP-BA). Houve registro de 255 votos, mas era necessário quórum de 257 para validar a votação. Foram 207 votos a favor do requerimento, 43 contra, 4 abstenções e outros 83 deputados obstruindo a votação.

Propaganda. Role para continuar lendo.

As informações são da Revista Oeste


Oposição tentará derrubar voto auditável nesta sexta-feira

Maia tenta menosprezar voto auditável e é ‘pego no flagra’

Bolsonaro: Se Congresso não aprovar voto auditável, nosso lado pode não aceitar

Partidos fazem manobra para barrar PEC do voto auditável


Comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

BRASIL

Anúncio foi feito pelo presidente da sigla, Gilberto Kassab

BRASIL

Felipe Santa Cruz afirmou que está inclinado a aceitar convite do PSD para concorrer ao Palácio Guanabara

BRASIL

Partido estaria disposto a aceitar exigências do presidente

BRASIL

Presidente do Senado propôs alterações no projeto que altera a cobrança de ICMS

Anúncios