Siga-nos em

Buscas no site

Petista Fica Impune Após Crime Prescrever
Petista Fica Impune Após Crime Prescrever
Petista Fica Impune Após Crime Prescrever

BRASIL

‘Dólares na cueca’: Petista fica impune após crime prescrever

Justiça encerrou processo contra o deputado federal José Guimarães e outros partidários

Justiça encerrou processo contra o deputado federal José Guimarães e outros partidários

Após 16 anos, a Justiça Federal encerrou o processo contra o deputado federal José Guimarães (PT-CE) por suspeita envolvimento no episódio em que um assessor dele, José Adalberto Vieira, foi preso no embarque do aeroporto de Congonhas, em São Paulo, com US$ 100 mil escondidos na cueca e mais R$ 209 mil em uma mala de mão.

O juiz Danilo Fontenele Sampaio, da 11ª Vara Federal do Ceará, reconheceu a prescrição do caso tanto para o parlamentar quanto para o assessor, determinando a extinção de possibilidade de qualquer punição criminal por falta de provas.

– Assiste razão ao Ministério Público Federal acerca da ocorrência da prescrição, uma vez que, contando o lapso temporal decorrido desde o último ato indicado como parte das ações tidas como delituosas perpetradas, verifica-se o decurso de mais de 16 (dezesseis) anos sem que tenha sobrevindo qualquer causa interruptiva da prescrição – diz um trecho da decisão.

O caso foi parar na Justiça Federal do Ceará depois que o ministro Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal, declarou a incompetência da Corte para processar e julgar a ação.

Propaganda. Role para continuar lendo.

ESCÂNDALO DO MENSALÃO

O episódio, que ficou conhecido como ‘caso dos dólares na cueca’, aconteceu no dia 8 de julho de 2005, em meio aos desdobramentos do escândalo do mensalão, e precipitou o afastamento do então deputado José Genoíno da presidência do PT. Irmão de Guimarães, Genoíno era alvo de investigação da CPI dos Correios e cogitava deixar o comando do partido. Ele acabou renunciando ao cargo dois dias depois da prisão do assessor parlamentar de seu irmão, que na época era deputado estadual e presidente do PT no Ceará.

Em julho, o próprio Ministério Público Federal reconheceu a prescrição do caso. A Procuradoria chegou a apresentar uma denúncia atribuindo o dinheiro a propina obtida a partir de contratos do consórcio Sistema de Transmissão do Nordeste e do Banco do Nordeste do Brasil.

As informações são da AE

Propaganda. Role para continuar lendo.

Legado petista: Cuba e Venezuela devem R$ 3,5 bilhões ao Brasil

Prefeito petista de Araraquara é alvo de pedido de impeachment

Senador petista acusa ministro da Defesa de espioná-lo

Petista quer impor a ‘Semana LGBT’ em escolas do interior


Comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

BRASIL

Operação cumpriu mandados em GO e SP. Suspeita é de desvios relacionados com Organização Social que administra hospitais voltados à Covid

BRASIL

O secretário de Educação também foi levado sob custódia

BRASIL

Saídas de 2020 foram interrompidas por causa da pandemia

BRASIL

Governo de Flávio Dino torrou R$ 9,3 milhões para comprar respiradores que jamais foram entregues

Anúncios