Elon Musk Elon Musk

Elon Musk volta a ser o mais rico do mundo; confira o top 10

Elon Musk reassume a liderança no ranking global de bilionários com US$ 210 bilhões em fortuna, mostra revista

reassumiu a posição de pessoa mais rica do mundo devido ao progresso em sua empresa de inteligência artificial, a xAI, conforme indicado pela classificação divulgada pela revista Forbes neste domingo (2). A publicação, que lista os maiores bilionários do mundo desde 1987, colocou Bernard Arnault, CEO da LVMH, e Jeff Bezos, fundador da Amazon, logo atrás do líder da Tesla, SpaceX e X.

Elon Musk é o mais rico do mundo

A ascensão de Musk na lista de bilionários foi revelada logo após a startup de “inteligência artificial” arrecadar aproximadamente US$ 6 bilhões no final de semana – o executivo possui 60% de participação na empresa. Com isso, a riqueza do empresário aumentou para US$ 210,3 bilhões.

No entanto, o proprietário do Twitter não é o único a movimentar a lista dos super bilionários. Bernard Arnault e sua família ocupam a segunda posição, com um patrimônio de US$ 201,6 bilhões, devido ao seu império de marcas de luxo da LVMH (Louis Vuitton, Hublot, Chandon e similares). Jeff Bezos, com um patrimônio de US$ 194,7 bilhões, é o terceiro homem mais rico do mundo.

Outros grandes nomes do setor de tecnologia estão entre os dez primeiros, incluindo Mark Zuckerberg (Meta), Larry Ellison (Oracle), Larry Page (Google/Alphabet), Sergey Brin (Google/Alphabet), (Microsoft) e Steve Ballmer (Microsoft).

As 10 pessoas mais ricas do mundo

Confira o top 10 a seguir:

  • Elon Musk: US$ 210,3 bilhões (cerca de R$ 1,1 trilhão)
  • Bernard Arnault: US$ 201,6 bilhões (R$ 1 trilhão)
  • Jeff Bezos: US$ 194,7 bilhões (R$ 1 trilhão)
  • Mark Zuckerberg: US$ 163,8 bilhões (R$ 859 bilhões)
  • Larry Ellison: US$ 146,2 bilhões (R$ 767 bilhões)
  • Larry Page: US$ 142,9 bilhões (R$ 750 bilhões)
  • Warren Buffett: US$ 137 bilhões (R$ 719 bilhões)
  • Sergey Brin: US$ 136,9 bilhões (R$ 718 bilhões)
  • Bill : US$ 129,4 bilhões (R$ 678 bilhões)
  • Steve Ballmer: US$ 123,2 bilhões (R$ 646 bilhões)

Clube dos trilhões

O aumento de valor de grandes empresas do mercado, que crescem constantemente, acompanha a tendência das carteiras avantajadas. Em abril, por exemplo, a Alphabet, que controla o Google, atingiu o valor de mercado de US$ 2 trilhões.

Mesmo com o resultado obtido, a empresa não é a única nesta situação e nem é a primeira. Em 2020, a Apple chamou a atenção ao alcançar US$ 3 trilhões em valor de mercado. Da mesma forma, em 2021, a Microsoft gerou comentários ao atingir o valor de mercado de US$ 2 trilhões.


Veja também

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *