Siga-nos em

Buscas no site

Ivermectina Reduz Em 56% As Mortes Por Covid 19, Mostra Estudo
Ivermectina Reduz Em 56% As Mortes Por Covid 19, Mostra Estudo
Ivermectina Reduz Em 56% As Mortes Por Covid 19, Mostra Estudo

Artigos

Estudo: Ivermectina reduz em 56% as mortes por covid-19

Grupo de cientistas publicou o levantamento no Open Forum of Infectious Disease da Universidade de Oxford

Grupo de cientistas publicou o levantamento no Open Forum of Infectious Disease da Universidade de Oxford

O vermífugo ivermectina reduz em 56% a mortalidade em casos moderados e graves da covid-19. É o que mostrou uma meta-análise (análise estatística de resultados de diferentes estudos individuais) publicada no Fórum Aberto de Doenças Infecciosas da Universidade de Oxford, na terça-feira 6. O levantamento utilizou 3,3 mil voluntários em seu escopo, em 24 ensaios clínicos randomizados (os pacientes são alocados para um dos dois grupos de forma aleatória), dos quais 11 apresentaram o resultado. As conclusões ainda carecem de revisões da comunidade científica.

Segundo a pesquisa, a utilização do medicamento possibilita a recuperação clínica favorável do paciente e reduz a hospitalização. Assinam o documento dez cientistas das seguintes instituições acadêmicas: Universidade de Liverpool, University Hospital of Wales, University College London Hospital, Chelsea and Westminster Hospital, Imperial College e University of Oxford. Atualmente, a OMS recomenda o uso de ivermectina apenas em ensaios clínicos. Este trabalho não é o mesmo anunciado pela Universidade de Oxford, no mês passado.

As informações são da Revista Oeste

Propaganda. Role para continuar lendo.

Empresa garante patente nos EUA para spray nasal à base de hidroxicloroquina e ivermectina contra COVID-19

Cidade do México: Ivermectina reduziu internações em até 76%

A ivermectina tem potente efeito antiviral em pacientes com COVID-19, de acordo com um estudo argentino publicado em um jornal internacional

Ivermectina: Novo estudo revisado por pares demonstrou que a droga é altamente eficaz no tratamento da Covid


2 Comentários

2 Comentários

  1. Lincoln R. Teixeira

    08/07/2021 em 10:53 am

    Eu tenho 72 anos, trabalho ativamente e não fiquei em casa um só dia devido ao tal do “fique em casa”.Convivi com duas irmãs e duas filhas que também contraíram o vírus. Jamais deixei de abraça-las.
    No meu trabalho convivi com várias pessoas que estavam na fase inicial e ninguém ainda sabia. Pois bem, desde o início da controversa utilização da ivermectina, procurei investigar onde e quais os efeitos e soube sobre sua utilização na África com resultadoss surpreendentes. Resolvi desde março /2020. A tomar regularmente todos os meses. Tenha ou não valido, o fato é que atravessei todo esse período sem me contaminar… A minha opinião é que nosso presidente estava coberto de razão…

  2. Pedro Neto

    07/07/2021 em 7:43 pm

    Isso é algo que muitos já sabiam, inclusive médicos que se trataram com ivermectina e ficaram é calados para agradar a classe política de vários países de esquerda e, o que se viu foi um verdadeiro genocídio. Agora estão muitos dando a mão a palmatória depois de milhares de vidas serem ceifadas ppr pura ganância de autoridades corruptas. Isso é assassinato.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

MUNDO

O México não será refém de empresas farmacêuticas que só querem fazer negócios e assustar as crianças com a ideia de que é necessário...

MUNDO

CDC apontou que variante Delta do coronavírus é tão transmissível quanto a catapora

BRASIL

Senador Luis Carlos Heinze era suplente da Comissão

MUNDO

Poderá se imunizar com o reforço quem completou o esquema de vacinação com a Coronavac, do laboratório Sinovac, há pelo menos 90 dias

Anúncios