Siga-nos em

Buscas no site

Facebook
Facebook
Facebook Foto: Reprodução

MUNDO

Facebook: Dados de 1,5 bilhão de contas são vendidos na dark web

Coincidência? Informações foram disponibilizas após apagão desta segunda-feira

Coincidência? Informações foram disponibilizas após apagão desta segunda-feira

Após o Facebook sair do ar devido a uma misteriosa falha global, dados de mais 1,5 bilhão de usuários da rede social estão sendo vendidos em um fórum de crimes virtuais na dark web. Ainda não se pode estabelecer uma relação entre o vazamento e o chamado “apagão” desta segunda-feira (4), mas os dados foram disponibilizados também nesta tarde. As informações são do Canaltech.

Ao apurar o caso, o site Privacy Affairs verificou as amostras de dados disponíveis no fórum criminoso e constatou que as informações são reais. Um milhão de contas saem pelo valor de 5 mil dólares (cerca de R$ 27,3 mil).

Além disso, a Privacy Affairs cruzou os dados da amostras com a de vazamentos anteriores do Facebook e concluiu que essas são diferente das anteriores, o que indica ser um incidente novo, sem relação com o ocorrido em janeiro deste ano, em que 500 milhões de dados foram expostos.

Propaganda. Role para continuar lendo.

Segundo postagens no fórum, os dados à venda incluem nome, e-mail, localização, gênero, número de telefone e ID de usuário. As senhas das contas não estão entre os dados disponíveis.

Os vendedores afirmam que as informações foram obtidas por raspagem de dados a partir de enquetes na rede social.

Postagem no fórum de cibercriminosos Foto: Reprodução/Privacy Affairs

Facebook tem ‘lista VIP’ de quem não precisa seguir regras da rede

Desesperado, Frota propõe CPI da Facada: ‘Bolsonaro aproveitou a situação’

“Bunker de R$ 51 milhões”: Fachin concede regime semiaberto a Geddel

Fachin nega habeas corpus de deputados a favor de Zé Trovão


1 Comment

1 Comment

  1. maddio

    05/10/2021 em 6:54 am

    a descentralização espera por nós. Tudo e tudo. Sobre o tema, se o ecossistema Utopia fosse usado em vez do Facebook, você não teria que ter medo de seus dados agora.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Notícias

Mark Zuckerberg parece se preocupar mais com os resultados financeiros do que com a liberdade de expressão.

MUNDO

Em entrevista à CNN, Sophie Zhang fez novas denúncias contra a empresa e afirmou que poderia testemunhar no Congresso

MUNDO

Frances Haugen saiu do anonimato em entrevista a canal norte-americano

BRASIL

Segundo Carlos Rocha, o poder de fiscalização do processo eleitoral não deve ser concentrado nas mãos do TSE

Anúncios