Siga-nos em

Buscas no site

França Ameaça Tornar Obrigatória A Vacinação Entre Os Profissionais De Saúde, Pois Se Opõem A Receber As Injeções
França Ameaça Tornar Obrigatória A Vacinação Entre Os Profissionais De Saúde, Pois Se Opõem A Receber As Injeções
França Ameaça Tornar Obrigatória A Vacinação Entre Os Profissionais De Saúde, Pois Se Opõem A Receber As Injeções

MUNDO

França ameaça tornar obrigatória a vacinação entre os profissionais de saúde

“Durante o ano passado, nossos profissionais de saúde foram heroicos, mas a taxa de vacinação entre eles hoje não é aceitável”, disse o porta-voz do governo Gabriel Attal ao jornal Le Parisien no domingo.

“Seria irresponsável recusar a vacinação quando se trabalha na área da saúde…”

Apesar de o Conselho Europeu já ter afirmado de antemão que a vacinação NÃO será obrigatória e que NINGUÉM pode ser discriminado por não a receber, agora o governo francês afirmou que, conforme o nível de aceitação da vacina contra Covid entre os que trabalham em ambientes “Não Aceitável”, pode tornar a vacina experimental obrigatória se as taxas de vacinação não melhorarem.

“Durante o ano passado, nossos profissionais de saúde foram heroicos, mas a taxa de vacinação entre eles hoje não é aceitável”, disse o porta-voz do governo Gabriel Attal ao jornal Le Parisien no domingo.

Ecoando as palavras do ministro da Saúde, Olivier Veran, na semana passada, Attal continuou com o roteiro de que tomar a injeção é a coisa mais responsável que os profissionais de saúde devem fazer.

“Seria irresponsável recusar a vacinação quando se trabalha na área da saúde… Todos arregaçam as mangas para nos tirar desta epidemia. Agora eles têm que arregaçar as mangas até o ombro para serem vacinados ”, disse Attal.

Attal acrescentou que o governo continuaria a encorajar aqueles que trabalham em ambientes de saúde a se apresentarem pra receberem a vacina, mas se isso não funcionar, torná-la obrigatório “continua sendo uma possibilidade”.

Propaganda. Role para continuar lendo.

Na semana passada, o primeiro-ministro Jean Castex revelou que apenas 40 por cento dos profissionais de saúde foram vacinados contra a Covid-19.

O lançamento da vacina na França foi supostamente prejudicado por problemas de abastecimento e pela demora na decisão da UE de aprovar as vacinas relevantes. O presidente Emmanuel Macron também declarou que a vacina AstraZeneca era “quase ineficaz” em pessoas mais velhas. Na semana passada, um funcionário do governo afirmou que apenas 24 por cento das doses da AstraZeneca na França foram realmente administradas. 


FONTE: https://www.rt.com/news/517497-france-healthcare-covid19-vaccine/

Propaganda. Role para continuar lendo.

Após a morte na Áustria: a vacinação de um lote da vacina AstraZeneca foi interrompida

PERU: Congresso Vê Escândalo na Eficácia da Vacina chinesa Sinopharm

O governo sul-coreano investiga 7 mortes que se seguiram à vacinação da Covid-19 com a vacina da AstraZeneca

Áustria: Enfermeira morre após vacinação contra COVID-19 da AstraZeneca


Comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

BRASIL

Dessas pessoas, duas tinham recebido apenas a 1ª dose da AstraZeneca, 11 as duas doses da AstraZeneca e 31 pessoas tinham recebido as duas...

Artigos

226 casos entre pessoas com menos de 30 anos podem se encaixar na definição de trabalho da agência de inflamação cardíaca pós-vacina, o vice-diretor...

Artigos

Os bebês mostram fortes respostas imunológicas ao SARS-CoV-2, descobriu uma nova pesquisa.

Artigos

Quase um terço dos 42 britânicos que morreram até agora de Covid (cepa indiana) foram vacinados com duas vezes, revelou um novo relatório.

Anúncios