Siga-nos em

Buscas no site

Casal Foi Ridicularizado Em Jantar Romântico Exibido Pelo Programa Mais Você
Casal Foi Ridicularizado Em Jantar Romântico Exibido Pelo Programa Mais Você
Casal foi ridicularizado em jantar romântico exibido pelo programa Mais Você Foto: Reprodução/TV Globo

BRASIL

Globo é condenada por humilhar casal em jantar no Mais Você

Justiça determinou que emissora pague indenização e remova conteúdo de todas as suas plataformas

Justiça determinou que emissora pague indenização e remova conteúdo de todas as suas plataformas

A Justiça do Rio de Janeiro condenou a TV Globo a indenizar uma mulher em R$ 10 mil após ela e o namorado serem ridicularizados em uma reportagem do programa Mais Você, exibida em 12 de junho de 2019. Na ocasião, Nicole Cristine Leal de França não reagiu bem a um jantar surpresa feito pelo namorado, Pedro, com a ajuda da produção do programa comandado por Ana Maria Braga.

O vídeo com a reação de Nicole viralizou nas redes sociais, e ela se tornou alvo de duras críticas.

O processo tramitou na 5ª Vara Cível do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro. Nos autos, Nicole alega ter tido danos pessoais e psicológicos após o quadro ir ao ar. Ela pedia indenização de R$ 50 mil, mas a juíza Monica de Freitas Lima reduziu o valor.

Propaganda. Role para continuar lendo.

Nicole contou nos autos que foi abordada pela equipe do Mais Você no fim de maio de 2019. Os produtores disseram a ela que seu namorado queria surpreendê-la com um jantar romântico no Dia dos Namorados.

Ela diz ainda que aceitou gravar o programa, mas não gostou da edição do quadro. A versão final da gravação destacou os comentários “mau-humorados” de Nicole, somados a observações de Ana Maria sobre a reação da mulher, e também emojis de raiva.

Naquele dia, a expressão “o jantar que não deu certo” foi o assunto mais comentado nas redes sociais. A reação de Nicole gerou constrangimento entre os internautas, e muitos passaram a xingar e criticar a mulher. A repercussão foi tamanha que ela precisou deletar suas redes sociais, mesmo já tendo reconhecido, após o quadro ir ao ar, que havia exagerado com o namorado e que estava cansada naquele dia.

Propaganda. Role para continuar lendo.

Por essa razão, ela pediu indenização à TV Globo, e também que o conteúdo fosse removido de todas as plataformas da emissora.

A magistrada concordou com os argumentos de Nicole e reconheceu que a Globo exagerou na exposição da mulher. Ela também entendeu que houve abuso na liberdade de expressão da emissora.

– É evidente o direito da autora de ter a reportagem retirada do ar, eis que a forma como a sua imagem foi editada e retratada, inclusive através de efeitos sonoros e visuais, assim como a narrativa empregada revelam distorção entre aquilo que justificou a captação e aquilo que foi veiculado no programa de entretenimento – disse a juíza em trecho da decisão.

Além da indenização de R$ 10 mil, a magistrada determinou que o conteúdo fosse removido das plataformas do Grupo Globo.

Propaganda. Role para continuar lendo.

O caso ainda cabe recurso.


Bolsonaro manda duro recado a Renan Calheiros e à Globo

Globo demitirá funcionários que recusarem vacina contra Covid

Repórter demitida da Globo por causa do peso, vai para o SBT

Bolsonaro arrasta multidão em motociata na terra de Lula


1 Comment

1 Comment

  1. FATIMA REGINA PRIMO DOS SANTOS

    13/09/2021 em 7:12 am

    Quem ainda assiste à globolixo?? Emissora do cramulhão! Tinha que indenizar toda a população por suas fake News e por toda degradação que impõe às famílias brasileiras.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

BRASIL

Vereador criticou o debate promovido pelo jornal O Globo com os candidatos que disputam as prévias do partido

BRASIL

Emissora alegava que construtora teria atrasado obra, mas a empreiteira se defendeu apontando que o grupo de comunicação alterou projeto diversas vezes

BRASIL

Plataformas como TikTok poderão se tornar concorrentes da emissora

BRASIL

Ator disputará eleições como deputado federal pelo PT do Rio de Janeiro

Anúncios