Siga-nos em

Buscas no site

Governo Contrata Seguro Para Eventos Adversos De 2 Vacinas
Governo Contrata Seguro Para Eventos Adversos De 2 Vacinas
Governo Contrata Seguro Para Eventos Adversos De 2 Vacinas

BRASIL

Governo contrata seguro para eventos adversos de 2 vacinas

Brasil decidiu assinar seguro para possíveis eventos adversos das vacinas da Pfizer e da Janssen

Decisão foi tomada após assinatura de contrato para aquisição de imunizantes da Janssen e da Pfizer

O Ministério da Saúde contratou seguro privado internacional para cobrir eventos adversos das contra a Covid-19 da Pfizer e da Janssen. Os avisos das contratações pelo Departamento de Logística da Pasta estão publicados em edição extra do Diário Oficial da União de sexta-feira (26).

Segundo o texto, a empresa Newline Underwriting Management Limited está sendo contratada por meio do Lloyds Broker the Underwriting Exchange Limited para o seguro das duas vacinas. No caso da Janssen, o valor a ser pago pelo governo brasileiro é de R$ 4,305 milhões. Para a vacina da Pfizer, o seguro contratado tem o valor de R$ 5,991 milhões.

Na semana passada, o governo federal assinou dois contratos para a compra de 100 milhões de doses que serão fornecidas pela Pfizer/BioNTech e outros 38 milhões pela Janssen, do grupo Johnson & Johnson. As duas empresas tinham como exigência para a venda dos imunizantes ao Brasil que o governo assumisse a responsabilidade por eventuais efeitos adversos da vacinação.

Propaganda. Role para continuar lendo.

Um projeto de lei aprovado pelo Congresso no início de março para autorizar a compra de vacinas diretamente por Estados, municípios e pelo setor privado, superou esse obstáculo, autorizando todos os entes da federação, incluindo a União, a assumir, em contratos com fabricantes de imunizantes contra a Covid-19, a responsabilidade civil por possíveis eventos adversos pós-vacinação.

Fonte: Estadão


A China diz que as pessoas que tomam a vacina Sinopharm agora precisam de uma TERCEIRA DOSE para aumentar sua eficácia

Hong Kong: Mais duas pessoas morrem depois de tomar vacina contra Covid de fabricação chinesa “CoronaVac”

O CEO da Moderna anuncia o desenvolvimento da vacina contra COVID-19 junto com a da gripe

Cientistas testam a eficácia da vacina Oxford-AstraZeneca como spray nasal


Propaganda. Role para continuar lendo.

Veja também

1 Comment

1 Comment

  1. Laura Maciel

    28/03/2021 em 2:33 am

    Genocídio a Céu aberto com total aval de uma população idiotizada. Tribunal de Haia com
    muitas denúncias.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Veja também

MUNDO

Juiz determinou suspensão até que se conheçam os contratos entre o governo e a farmacêutica Pfizer e a "composição das substâncias" contidas no medicamento

BRASIL

Imunizante contra a Covid-19 foi o primeiro disponibilizado no Brasil

BRASIL

Segunto o Itamaraty, o Brasil também "clamou pela busca urgente de solução para a crise humanitária"

BRASIL

Alunos e funcionários serão obrigados a usar máscaras em locais fechados

Anúncios