Siga-nos em

Buscas no site

Juan Guaidó
Juan Guaidó
Juan Guaidó Foto: EFE/ Rayner Peña

MUNDO

Guaidó agradece a Bolsonaro por operação que acolhe migrantes venezuelanos

Venezuelano se pronunciou por meio de uma rede social, nesta quarta-feira

Venezuelano se pronunciou por meio de uma rede social, nesta quarta-feira

O líder opositor venezuelano Juan Guaidó agradeceu, nesta quarta-feira (27), ao presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, pela operação do Exército Brasileiro para acolher cerca de 260 mil migrantes da Venezuela que atravessaram a fronteira rumo ao território brasileiro.

– No Brasil há cerca de 260 mil migrantes e refugiados venezuelanos que fugiram da fome e da miséria causadas pela ditadura. A Operação Acolhida do governo do presidente Jair Bolsonaro busca atender esta situação – escreveu Guaidó no Twitter.

Guaidó agradeceu a Bolsonaro, um dos seus principais aliados no continente e com quem demonstrou afinidade, pelo apoio aos migrantes “e à procura de soluções”.

Roraima é a principal porta de entrada dos milhares de venezuelanos que atravessaram a fronteira com o Brasil nos últimos meses para fugir da crise social, econômica e política.

Propaganda. Role para continuar lendo.

Segundo dados da Plataforma de Coordenação Interagencial para Refugiados e Migrantes da Venezuela (R4V), mais de 5,9 milhões de refugiados e migrantes saíram da Venezuela, dos quais 82% vive em países da América Latina ou do Caribe.


‘Governo venezuelano financiou Lula’, denuncia ex-chefe de inteligência militar chavista

Esquerdismo: Parlamento da Venezuela aprova lei para uso de linguagem neutra

Emigração venezuelana pode ser a maior do mundo em 2022

O combustível limitado da Venezuela é de qualidade tão ruim que está causando danos CATASTRÓFICOS em motores


Comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

BRASIL

Ex-governador de São Paulo teve encontro com representantes de centrais sindicais e ouviu pedido por chapa com petista

BRASIL

Grupos religiosos deverão participar da cerimônia

BRASIL

Pastor falou sobre a tentativa do ex-presidente de se aproximar dos evangélicos

BRASIL

Sabatina do ex-AGU está marcada para a próxima quarta-feira

Anúncios