Siga-nos em

Buscas no site

A Construção De Silos Em Hami é Muito Semelhante à Detectada Em Yumen
A Construção De Silos Em Hami é Muito Semelhante à Detectada Em Yumen
A Construção De Silos Em Hami é Muito Semelhante à Detectada Em Yumen

Artigos

Imagens de satélite mostrando a construção de um segundo campo para mísseis nucleares na China

As obras em Hami, somadas às relatadas há um mês em Yumen, apontam para uma expansão significativa das capacidades atômicas do regime de Xi Jinping.

As obras em Hami, somadas às relatadas há um mês em Yumen, apontam para uma expansão significativa das capacidades atômicas do regime de Xi Jinping.

A Federação de Cientistas dos Estados Unidos (FAS) alertou na terça-feira sobre uma possível recuperação da força armamentista da China depois que uma série de imagens de satélite mostraram a construção de novos silos para mísseis no gigante asiático.

A descoberta ocorreu perto de Yumen, na província de Gansu, embora especialistas tenham usado essas imagens para localizar um segundo campo de silos próximo a Hami, na região de Xinjiang , no noroeste do país.

O detalhe dos silos em Hami, com acampamentos temporários para as equipes implantadas (FAS / Planet Labs)

“A construção de silos em Yumen e Hami constitui parte da maior expansão do arsenal chinês realizada até agora “, disseram os especialistas em relatório publicado segunda-feira.

“Os silos da Hami são dispostos em um padrão de grade quase perfeito, com cerca de três quilômetros de distância entre si, com instalações de apoio adjacentes. A construção e organização dos silos Hami são muito semelhantes às dos 120 silos em Yumen, bem como das dezenas de silos construídos na área de treinamento de Jilantai na Mongólia Interior ”, detalha o relatório.

As obras em Hami, que fica a cerca de 380 quilômetros de Yumen, começaram em março e não avançaram muito até agora, conforme explicado pela FAS. Levando em consideração o trabalho de preparação, os cientistas estimam que pode haver cerca de 120 e 110 silos, respectivamente.

Propaganda. Role para continuar lendo.
Detalhes dos silos em construção, locais com terreno em preparação e possíveis localizações para outros silos (FAS / Planet Labs)

No entanto, os silos podem abrigar menos mísseis. Os dados da FAS indicam que a China tem atualmente cerca de 350 ogivas nucleares. Em 2020, o Pentágono detalhou que esse número estava em torno de 200, embora espere que dobre na próxima década.

O arsenal do país asiático é menor do que o de países como Rússia e Estados Unidos, que possuem cerca de 4.000 ogivas nucleares. Para os especialistas, são vários os motivos para a construção desses silos. Entre outras questões, isso poderia responder à modernização das forças americanas, russas e indianas.

A China também pode temer que seus silos sejam facilmente atacados, assim como o sistema de defesa dos EUA. No entanto, o governo chinês garantiu em inúmeras ocasiões que não tem intenção de realizar ataques com armas nucleares – algo que só usaria para se defender.

Desde o final da década de 1990, o governo dos Estados Unidos vem tentando fazer com que a China adira aos tratados internacionais de controle de armas, uma questão que até agora não foi resolvida com sucesso.

Propaganda. Role para continuar lendo.

Durante a Guerra Fria, os Estados Unidos desenvolveram um plano para mover seus ICBMs através de uma série de silos em uma espécie de jogo de armadilha nuclear, para garantir que os planejadores de guerra soviéticos nunca pudessem saber exatamente onde os mísseis estavam em um determinado momento.

O boom da construção sugere um grande esforço para reforçar a credibilidade do sistema de dissuasão nuclear da China, disse o pesquisador Jeffrey Lewis, especialista em arsenal nuclear da China. Lewis, junto com seu colega Decker Eveleth, descobriu os canteiros de obras depois de semanas analisando fotos de satélites comerciais do noroeste da China. Ele descreveu a escala do projeto como “incrível”.

Fotos do projeto de construção de Gansu foram fornecidas a Lewis e Eveleth pela empresa de satélite comercial Planet Labs, que forneceu um fluxo contínuo de imagens atualizadas mostrando o progresso de cada uma das obras ao longo do tempo.

Propaganda. Role para continuar lendo.

Com informações da Europa Press e Washington Post


Putin diz que a marinha russa pode realizar ‘ataque inevitável’ se necessário

O Reino Unido enviará dois navios de guerra para a Ásia para desencorajar as ambições territoriais chinesas

Governo da Rússia ameaça bombardear navios britânicos

Por que a China comprou uma pista de pouso no Texas?


Comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

MUNDO

Será exigida imunização completa, além de teste negativo para Covid

MUNDO

Ataque matou por engano sete crianças e três adultos

MUNDO

Estado já tentou implementar a medida em maio, mas não teve sucesso

Anúncios