Siga-nos em

Buscas no site

Japão Suspeita Que Contaminante Nas Vacinas Da Moderna É Metálico
Japão Suspeita Que Contaminante Nas Vacinas Da Moderna É Metálico
Foto: Reprodução Redes Sociais

MUNDO

Japão Suspeita que contaminante nas Vacinas da Moderna é Metálico e ‘Reage a Ímãs’

” É uma substância que reage a ímãs “, disse o funcionário ao Nikkei, acrescentando ” Pode ser metal “.

O Ministério da Saúde japonês anunciou na quinta-feira que cerca de 1,6 milhão de doses da vacina Covid-19 da Moderna foram retiradas de uso devido à contaminação em alguns frascos que ‘reagem a ímãs’, de acordo com um funcionário do ministério.

Vários centros de vacinação relataram ter encontrado corpos estranhos nas doses.

” É uma substância que reage a ímãs “, disse o funcionário ao Nikkei, acrescentando ” Pode ser metal “.

A Moderna, por sua vez, confirmou o recebimento de “várias reclamações de material metálico” em frascos distribuídos no Japão, mas que “não foram encontrados problemas de segurança ou eficácia” relacionados aos relatórios.

“A empresa está investigando as denúncias e continua comprometida em trabalhar de forma transparente e expedita com seu parceiro, a Takeda, e os reguladores para resolver quaisquer preocupações em potencial”, disse um porta-voz ao Nikkei, acrescentando que um “problema de fabricação” em uma fábrica na Espanha era o culpado.

Após as denúncias, os lotes da vacina em questão, bem como dois lotes adjacentes, foram retirados de circulação “por excesso de cautela”, segundo o porta-voz.

Propaganda. Role para continuar lendo.

O primeiro-ministro Yoshihide Suga disse a repórteres na tarde de quinta-feira que instruiu o ministério a examinar o caso tendo a segurança como prioridade máxima, acrescentando que recebeu relatórios de que a retirada “não terá um impacto significativo na campanha de vacinação do país”. – Nikkei

O material estranho que ‘reage aos ímãs’ certamente reavivará as especulações sobre o viral ‘desafio do ímã da vacina Covid-19’, no qual dezenas de pessoas registraram ímãs grudados nos locais de injeção da vacina.

E enquanto vários sites de ‘verificação de fatos’ deram uma olhada no que está acontecendo, as duas explicações mais comuns são ‘eles estão fingindo’ ou ‘a pele deles estava um pouco molhada’.

Propaganda. Role para continuar lendo.

Alguns acreditam que o magnetismo relatado pode ser explicado pelo óxido de grafeno, uma nanopartícula magnética estudada para seu uso como plataforma de entrega de drogas e outras aplicações biomédicas.

Os críticos observam o fato de que o óxido de grafeno não está listado como ingrediente em nenhuma vacina Covid-19 disponível, enquanto os céticos respondem com ‘e daí?’ Se lotes aleatórios forem contaminados com substâncias estranhas, por acidente ou propositalmente, é claro que eles não seriam listados nos ingredientes.

Em qualquer caso, as ações da Moderna não estão muito felizes hoje:

Propaganda. Role para continuar lendo.
Gráfico mostra queda nas ações da Moderna

As informações são da Nikkei


Estudo: A infecção por COVID-19 protege contra a variante delta melhor do que a vacina Pfizer

Gol exigirá que todos os funcionários se vacinem

Mesmo vacinado: Erasmo Carlos revela que testou positivo para Covid-19

Japão suspende uso de 1,6 milhão de doses de vacina por contaminação


2 Comentários

2 Comentários

  1. Michele Sampaio

    27/08/2021 em 11:32 pm

    Não creio que seja mentira de tantas pessoas dos mais variados ptos do mundo! Só o fato da mídia sequer ter mencionado essa “desconfiança” japonesa, e de estarmos num período em que o Fórum econômico mundial anuncia o Great Reset e a obrigatoriedade desse material biológico experimental me assusta e confirma que mtas teorias da conspiração na verdade é realidade pra essa tosca elite megalomaníaca … O q nos resta é orar sem cessar!!!

  2. Nanno

    27/08/2021 em 6:41 pm

    Não é contaminação. É a proteína “magneto”, que faz com que o organismo humano se torne sensível à ação de ondas eletromagnéticas. O objetivo é controle da mente, como já foi demonstrado com animais de laboratório.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

BRASIL

Resolução autoriza a retomada de julgamentos e outras atividades presenciais envolvendo público externo a partir do dia 3 de novembro

BRASIL

Durante entrevista a uma rádio, presidente rebateu uma polêmica envolvendo a vacina contra a Covid-19

BRASIL

Funcionários da administração pública são "obrigados" a se vacinar desde setembro

BRASIL

Grupo contra a exigência de comprovação da imunização contra a Covid se reuniu em frente à Fiesp, na Avenida Paulista, em São Paulo

Anúncios