Siga-nos em

Buscas no site

Maurício Isenta O Minas De Culpa Por Sua Saída
Maurício Isenta O Minas De Culpa Por Sua Saída
Maurício isenta o Minas de culpa por sua saída Foto: Reprodução/Instagram Maurício Souza

BRASIL

Maurício diz que saída do Minas foi culpa da “turma da lacração”

Atleta afirmou que a pressão dos patrocinadores contra o time foi o que resultou na rescisão de seu contrato

Atleta afirmou que a pressão dos patrocinadores contra o time foi o que resultou na rescisão de seu contrato

O jogador de vôlei Maurício Souza compartilhou, nesta quinta-feira (28), um vídeo em sua conta no Instagram em que comenta sua saída do Minas Tênis Clube, equipe pela qual atuava até quarta-feira (27), quando foi dispensado após a polêmica criada em torno de uma postagem feita por ele sobre a bissexualidade do personagem Superman.

Na gravação, o atleta isentou seu agora ex-clube de culpa pela rescisão de seu contrato e afirmou que a forte pressão exercida “pela turma da lacração” sobre os patrocinadores e, consequentemente, a das empresas contra a agremiação esportiva foram fundamentais para que ele tivesse de deixar a equipe.

– O Minas não teve culpa nenhuma nisso [rescisão]. A culpa foi da turma da lacração, fazendo pressão em cima dos patrocinadores, o que acarretou no patrocinador ameaçar o Minas de tirar o patrocínio tanto do [time de vôlei] masculino quanto do feminino, e isso aí ficou insustentável – explicou.

O jogador disse ainda que tanto o presidente do Minas, Ricardo Vieira Santiago, quanto o diretor-adjunto de vôlei masculino, Elói Lacerda de Oliveira Neto, “fizeram o possível e o impossível” para tentar mantê-lo no elenco. Mas, segundo Maurício, a equipe não conseguiria continuar trabalhando com a perda de dois dos seus maiores patrocinadores.

Propaganda. Role para continuar lendo.

– Eles [o diretor e o presidente do Minas] foram homens, são homens de verdade, o que eu respeito muito e admiro – finalizou.


Malafaia apoia Maurício Souza: ‘Falou o que a maioria pensa’

Maurício Souza se expressa em vídeo: “Defendo o que acredito”

Casagrande baixa o nível e ataca Maurício Souza: “Homofóbico, covarde e mau-caráter”

Após afastamento de Maurício, colegas do Minas ameaçam sair


1 Comment

1 Comment

  1. ARIVAN OLIVEIRA GOMES

    28/10/2021 em 9:29 pm

    Qual a moral que tem Casagrande para criticar alguém!

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

BRASIL

Anúncio do investimento ocorreu nesta segunda-feira. Recursos também serão usados na criação de outros dois museus em SP

BRASIL

Em nota, UFPel disse que abriu processo para apurar o caso

MUNDO

Reportagem retrata centros e institutos que enaltecem o regime da Coreia do Norte

BRASIL

Associação alega que os termos estariam causando "desconforto" em casais homossexuais

Anúncios