Siga-nos em

Buscas no site

Médico Tinha 36 Anos E Não Resistiu às Complicações Da Doença
Médico Tinha 36 Anos E Não Resistiu às Complicações Da Doença
Médico Tinha 36 Anos E Não Resistiu às Complicações Da Doença

BRASIL

Médico de 36 anos morre de Covid-19 mesmo vacinado com as duas doses

Especialistas explicam que óbitos de pacientes imunizados são raros e não evidenciam que as vacinas não funcionam.

Especialistas explicam que óbitos de pacientes imunizados são raros e não evidenciam que as vacinas não funcionam.

O médico André Ramalho, profissional do Hospital Regional do Cariri (HRC), em Juazeiro do Norte, morreu em decorrência da Covid-19, nesta sexta-feira (4). Ele tinha 36 anos.

Segundo amigos de André, ele estava internado há duas semanas, no hospital onde trabalhava, e acabou não resistindo. Inicialmente, ele foi atendido no hospital de Brejo Santo.

André era especialista em ortopedia e traumatologia. Ele atendia no HRC e em clínicas da região do Cariri e de Pernambuco.

Propaganda. Role para continuar lendo.

O médico já havia recebido as duas doses da vacina CoronaVac contra a Covid-19, ainda segundo amigos. Ele tinha obesidade.

Familiares e amigos lamentaram a morte de André nas redes sociais. Desde a sua internação, a família compartilhava momentos de oração no perfil do médico.

Especialistas explicam que óbitos de pacientes imunizados são raros e não evidenciam que as vacinas não funcionam. Os pesquisadores ressaltam que nenhum imunizante utilizado tem 100% de eficácia.

Propaganda. Role para continuar lendo.

As informações são do Diário do Nordeste.


Mesmo vacinado, morre o jornalista Fábio Campana, vítima do covid-19 em Curitiba

Mesmo vacinados, idosos e funcionários de abrigo em Teresina testam positivo para Covid-19

Sobe para 13 o número de idosos de abrigo internados com Covid em Goiás, mesmo após vacinação

Mesmo após vacinação, abrigo de idosos registra 27 casos e duas mortes por Covid-19 em GO


1 Comment

1 Comment

  1. Pericles A. R. De Toledo

    26/06/2021 em 10:45 pm

    Que nada. Esses médicos que dizem que são “raros” os casos de morte após vacina estão comprados a peso de muito dinheiro pelos globalistas e a mídia igualmente comprada só dá espaço a eles nas plataformas sociais. A realidade é que, se não pararmos os globalistas mediante uma intervenção militar, haverá um genocídio, somente no Brasil de pelo menos 70 milhões de brasileiros. Isto falando só de Brasil e para isto estão aí os milhares de caixões coletivos da FEMA, pois um dos objetivos da agenda globalista é promover o despovoamento do planeta.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

BRASIL

Apresentadora comanda o Vou Te Contar na RedeTV!

MUNDO

Apenas 6,2% da população de 110 milhões de habitantes das Filipinas foi completamente vacinada contra a Covid-19

MUNDO

Casos ocorreram na Califórnia, que já registrou outros casos de reações cutâneas no início do ano

MUNDO

Segundo relatos, a empresa de streaming dos Estados Unidos exigirá que o pessoal da "zona A" - atores e equipe em contato próximo com...

Anúncios