Siga-nos em

Buscas no site

Mesmo Vacinado Com As Duas Doses, Morre O Jornalista Fábio Campana, Vítima Do Covid 19 Em Curitiba
Mesmo Vacinado Com As Duas Doses, Morre O Jornalista Fábio Campana, Vítima Do Covid 19 Em Curitiba
Mesmo Vacinado Com As Duas Doses, Morre O Jornalista Fábio Campana, Vítima Do Covid 19 Em Curitiba

BRASIL

Mesmo vacinado, morre o jornalista Fábio Campana, vítima do covid-19 em Curitiba

Em 25 de março, Campana tomou a primeira dose da Coronavac. “Vacinado. Se virar jacaré me deixem no Parque Tingui”, brincou em publicação em suas redes sociais na ocasião.

Ele era casado com Denise Camargo e deixa dois filhos, Izabel e Rubens

Em 25 de março, Campana tomou a primeira dose da Coronavac. “Vacinado. Se virar jacaré me deixem no Parque Tingui”, brincou em publicação em suas redes sociais na ocasião.

A imunização foi completada no dia 15 de abril, quando o jornalista recebeu a aplicação da segunda dose da vacina contra a Covid-19.

Fábio Campana nasceu em 1947 no município paranaense de Foz do Iguaçu. Viveu em Curitiba desde 1960.

Propaganda. Role para continuar lendo.

Publicou Restos Mortais, contos (1978); No Campo do Inimigo, contos (1981); Paraíso em Chamas, poesia (1994); O Guardador de Fantasmas, romance (1996); Todo o Sangue (2004); O último dia de Cabeza de Vaca (2005); Ai (2007); A Árvores de Isaías (2011); O Ventre, o Vaso, o Claustro (2017); e As Coisas Simples (2019).

Foi diretor da editora Travessa dos Editores, onde também dirigiu as revistas Et Cetera e Ideias.

No jornalismo, além de editor de seu blog por 15 anos, foi editor da revista Atenção e do jornal Correio de Notícias. Atuou como colunista político dos jornais Gazeta do Povo, O Estado do Paraná, Tribuna do Paraná, Gazeta do Paraná e Tribuna do Norte. Foi comentarista de política das rádios BandNews, Banda B e CBN no Paraná. Como repórter, foi autor de matérias marcantes, como “Sodomia, suor e látego”, publicada na extinta Revista Panorama, em 1979. A reportagem denunciava as condições do sistema prisional juvenil do Paraná.

Propaganda. Role para continuar lendo.

Foi secretário de Comunicação Social da Prefeitura de Curitiba e secretário de Estado da Comunicação Social em três administrações do Governo Estadual do Paraná.

Como publicitário, trabalhou nas agências Equipe e Exclam. No campo do marketing político, atuou em diversas campanhas para governador do Paraná e em inúmeras campanhas para prefeituras, além de ter dirigido a comunicação das campanhas presidenciais que elegeram dois presidentes do Paraguai: as de Juan Carlos Wasmosy (1993) e de Raúl Cubas Grau (1998).

Foi filiado ao Partido Comunista em 1960 e esteve filiado ao PCdoB até 1981, quando deixou o partido. Foi preso político em 1966 e em 1970.

Propaganda. Role para continuar lendo.

Casado com a psicóloga e professora Denise de Camargo desde 1975, Fábio Campana deixa também dois filhos e um neto.

Fonte: bandaB


Mesmo vacinados, idosos e funcionários de abrigo em Teresina testam positivo para Covid-19

Sobe para 13 o número de idosos de abrigo internados com Covid em Goiás, mesmo após vacinação

“A mulher ia morrer mesmo, por que dar remédio? ”, dizia técnica acusada de desviar medicamentos de intubação

Ex-prefeito morre por sequelas da Covid, mesmo vacinado em Mato Grosso do Sul


Propaganda. Role para continuar lendo.
Comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

BRASIL

Dessas pessoas, duas tinham recebido apenas a 1ª dose da AstraZeneca, 11 as duas doses da AstraZeneca e 31 pessoas tinham recebido as duas...

Artigos

226 casos entre pessoas com menos de 30 anos podem se encaixar na definição de trabalho da agência de inflamação cardíaca pós-vacina, o vice-diretor...

Artigos

Os bebês mostram fortes respostas imunológicas ao SARS-CoV-2, descobriu uma nova pesquisa.

Artigos

Quase um terço dos 42 britânicos que morreram até agora de Covid (cepa indiana) foram vacinados com duas vezes, revelou um novo relatório.

Anúncios