Siga-nos em

Buscas no site

Mulher De 45 Anos Morre Depois De Reclamar De Reações Pós Vacina
Mulher De 45 Anos Morre Depois De Reclamar De Reações Pós Vacina
Mulher De 45 Anos Morre Depois De Reclamar De Reações Pós Vacina

BRASIL

Mulher de 45 anos morre depois de reclamar de reações pós-vacina

Vítima chegou a ser socorrida, mas faleceu em frente à unidade de saúde após convulsão

Vítima chegou a ser socorrida, mas faleceu em frente à unidade de saúde após convulsão

Mulher, de 45 anos, morreu, neste domingo (9), no distrito de Palmeiras, a 136 km da Capital, após passar mal e reclamar de reações pós-vacina. De acordo com o marido da vítima, ela recebeu a segunda dose da Astrazeneca/Fiocruz dezoito dias atrás, quando sentiu dores na cabeça e corpo.

Ainda de acordo com o esposo da vítima, eles estavam em uma chácara no distrito de Palmeiras, quando a mulher reclamou de muitas dores e manchas roxas nas pernas, logo pela manhã. No meio da tarde a irmã da vítima a viu escorada no cercado em volta da casa, depois que a mulher foi ao pomar da chácara. Ela foi socorrida pelo cunhado e pelo esposo, e, ao chegar no quarto, teve uma convulsão.

Os familiares levaram a mulher para a UBS (Unidade Básica de Saúde) do distrito, onde uma ambulância aguardava para levá-la para a cidade de Dois Irmãos do Buriti. Ao retirarem a mulher do carro, ela teve uma segunda convulsão e faleceu.

Propaganda. Role para continuar lendo.

De acordo com o marido, a mulher não tinha comorbidades, mas, como agente de saúde, ela tomou a primeira dose da vacina no dia 27 de janeiro, e no dia 22 de abril recebeu a segunda dose, quando sentiu dores no corpo, na cabeça e nas pernas.

Ele não soube informar se a esposa fazia uso de medicamentos de uso contínuo, mas suspeitava que ela estava ingerindo medicamentos para depressão. O caso foi registrado como morte a esclarecer, na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) Centro, em Campo Grande.

Fonte: Campograndenews

Propaganda. Role para continuar lendo.

Saúde investiga 11 eventos adversos em grávidas associados a vacinas

Rio notifica morte de grávida vacinada com imunizante Oxford

Asilo confirma infecção de 33 idosos pela Covid-19 em Lavras; todos foram vacinados

Cientistas chineses propuseram “vacinas de inalação passiva de mRNA” para “imunizar” aqueles que não queriam ser vacinados


Comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

MUNDO

As pessoas na Áustria que optaram por não receber a vacina contra covid enfrentarão o bloqueio em casa se o número de hospitalizações graves...

BRASIL

Vereadora Fernanda Barth, de Porto Alegre, afirma que manifestantes pacíficos foram agredidos na Câmara Municipal

MUNDO

Com 18 anos, ela tomou a primeira dose do imunizante da AstraZeneca e teve uma trombose

BRASIL

O presidente é a favor da liberdade e crítico do passaporte de vacinação e da obrigatoriedade da vacina  

Anúncios