Siga-nos em

Buscas no site

Na Câmara, Deputado Defende Enforcar Líderes Do Tráfico
Na Câmara, Deputado Defende Enforcar Líderes Do Tráfico
Na Câmara, Deputado Defende Enforcar Líderes Do Tráfico

BRASIL

Na Câmara, deputado defende enforcar líderes do tráfico

Declaração de Sargento Fahur ocorreu durante audiência na Comissão de Segurança Pública e Combate ao Crime Organizado

Declaração de Sargento Fahur ocorreu durante audiência na Comissão de Segurança Pública e Combate ao Crime Organizado

Durante uma audiência na Comissão de Segurança Pública e Combate ao Crime Organizado, da Câmara dos Deputados, o deputado federal Sargento Fahur (PSD-PR) defendeu uma medida mais contundente contra o crime organizado, o enforcamento de líderes de facções criminosas.

A declaração ocorreu na quarta-feira (9), ao comentar sobre os episódios de violência ocorridos no Amazonas.

– Esses líderes deveriam ser enforcados em praça pública, mas enquanto não temos esse tipo de lei, nós devemos mantê-los presos em presídios federais. Isolarmos do mundo aqui fora, porque um bando de pé de chinelo, vagabundo, recebem ordens oriundas de dentro dos presídios e promove esses ataques, essas barbáries contra o cidadão de bem e contra a sociedade – apontou.

O parlamentar também pediu às polícias Civil, Militar e Federal que não recuem no combate ao crime organizado.

Propaganda. Role para continuar lendo.

Absurdo: Traficantes queimam auxílio emergencial em churrasqueira no MT

Jornalistas “defendem traficantes” porque usam cocaína, diz Sérgio Camargo

Irritado com motociata, Doria multa Bolsonaro por não usar máscara

Multidão segue Bolsonaro na motociata Acelera para Cristo, em SP


Comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

BRASIL

Vereador destacou proteção do 9º Batalhão da Polícia Militar

BRASIL

Especialista chamou atenção para a narrativa da presença - ou não - do marido no apartamento

BRASIL

Polícia afirmou que a parlamentar permaneceu entre os dias 15 e 20 de julho sem deixar o imóvel onde mora

BRASIL

Apesar da história inacreditável contada pela deputada, o mistério continua

Anúncios