Siga-nos em

Buscas no site

O Fundador Do Telegram, Durow, Critica O Facebook E O Twitter Por Censurar Notícias Falsas Sobre O Corona
O Fundador Do Telegram, Durow, Critica O Facebook E O Twitter Por Censurar Notícias Falsas Sobre O Corona
O Fundador Do Telegram, Durow, Critica O Facebook E O Twitter Por Censurar Notícias Falsas Sobre O Corona

MUNDO

O fundador do Telegram critica o Facebook e o Twitter por censurar notícias sobre o coronavírus

É melhor espalhar a verdade do que censurar. Isso é o que recomenda o fundador do Telegram e VKontakte, Pawel Durow, ao criticar as redes sociais Facebook e Twitter por censurarem conteúdo ‘falso’ sobre o vírus.

É melhor espalhar a verdade do que censurar. Isso é o que recomenda o fundador do Telegram e VKontakte, Pawel Durow, ao criticar as redes sociais Facebook e Twitter por censurarem conteúdo ‘falso’ sobre o vírus.

O fundador do serviço de mensagens Telegram e da rede social russa VKontakte Pawel Durov afirma que os usuários devem ser capazes de decidir por si próprios em que acreditar. A censura apenas tornaria mais difícil a luta contra notícias falsas e ideias absurdas. Em seu canal do Telegram, Durow criticou as maiores redes sociais Facebook e Twitter por censurarem conteúdo falso sobre o vírus corona e enfatizou que o Telegram não bloqueia postagens com notícias falsas sobre COVID-19, pois esta é uma abordagem ineficaz. As principais plataformas de mídia têm moderado o conteúdo sobre o vírus corona desde o início da pandemia.

Segundo o empresário, com o tempo, as perspectivas sobre determinados problemas mudam drasticamente. Como exemplo, o fundador do Telegram citou o bloqueio de conteúdo supostamente falso sobre o vírus corona no Facebook e no Twitter, em particular postagens sobre a origem supostamente artificial do vírus. De acordo com Durow, essa ideia foi percebida como uma teoria da conspiração há um ano, mas agora está a caminho de “se tornar uma visão científica dominante das origens do vírus”.

O empresário destaca que esse tipo de ação contra as notícias falsas só pode dificultar o combate à desinformação:

Propaganda. Role para continuar lendo.

“Essas medidas tornam a luta contra notícias falsas e conteúdo incorreto um desafio especial. Eles também podem minar fundamentalmente a confiança das pessoas na neutralidade das plataformas de mídia e ameaçar os esforços futuros para combater a desinformação.”

Segundo Durow, o Telegram não bloqueia conteúdo sobre uma possível origem artificial do vírus, pois não cabe à operadora decidir em que os usuários devem acreditar. No entanto, o serviço de mensagens se deu ao trabalho de fornecer aos usuários informações científicas sobre o COVID-19 e a pandemia de fontes oficiais e confiáveis. Em conclusão, o empresário condenou a censura como forma de combater as falsas ideias:

“Durante 20 anos de meu trabalho como operador de plataforma de discussão, ficou claro para mim que as teorias da conspiração só ficam mais fortes quando esse conteúdo é removido pelos moderadores. Em vez de acabar com ideias absurdas, a censura muitas vezes torna difícil combatê-las ali sempre será uma estratégia mais eficiente para espalhar a verdade do que a censura. “

As informações são da RT


Censura: Apresentador Sikêra Júnior tem perfil desativado no Instagram

Censura: Justiça manda vereador Gabriel Monteiro excluir três vídeos do YouTube

Censura: Instagram exclui perfil de influencer conservadora

Fórum Econômico Mundial promete censurar ‘desinformação sobre saúde’ e ‘conteúdo antivacina’


Propaganda. Role para continuar lendo.
Comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

BRASIL

Presidentes da Câmara e do Senado falaram sobre a iniciativa do presidente de apresentar proposta sobre exclusão de conteúdo nas redes sociais

BRASIL

Jornalista criticou ações do ministro Luis Felipe Salomão

BRASIL

Escritor das histórias do Hulk se nega a continuar trabalhando com o ilustrador

BRASIL

Argumentação foi enviada ao Supremo Tribunal Federal

Anúncios