Siga-nos em

Buscas no site

Oposição Tentará Derrubar Voto Auditável Nesta Sexta Feira
Oposição Tentará Derrubar Voto Auditável Nesta Sexta Feira
Oposição Tentará Derrubar Voto Auditável Nesta Sexta Feira

BRASIL

Oposição tentará derrubar voto auditável nesta sexta-feira

Articulação ocorre após reunião com o ministro Luís Roberto Barroso

Articulação ocorre após reunião com o ministro Luís Roberto Barroso

A Comissão Especial da Câmara que analisa a proposta de voto impresso e auditável vai se reunir nesta sexta-feira (16) com o objetivo de rejeitar o texto. A reunião foi articulada por um conjunto de 18 deputados titulares e um suplente do colegiado, todos resistentes à ideia de mudar o atual sistema da urna eletrônica.

Autor do requerimento que permitiu a reunião e titular do grupo que vai votar o texto, o deputado Hildo Rocha (MDB-MA) afirmou que os votos para rejeitar a ideia são maioria na comissão.

– A maioria dos membros entende que não teremos tempo para implantar o voto impresso no ano que vem – disse Rocha ao Estadão.

Em reunião com o presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Luís Roberto Barroso, partidos adversários da proposta de emenda à Constituição (PEC) concordaram em barrar sua aprovação. Depois de fechar questão contra a medida no encontro com Barroso, no fim de junho, dirigentes de 11 partidos substituíram integrantes favoráveis à proposta na comissão especial por parlamentares alinhados à orientação do comando das legendas.

Propaganda. Role para continuar lendo.

A PEC do voto impresso e auditável é uma das principais bandeiras políticas do presidente Jair Bolsonaro, que já deu declarações consideradas golpistas ao dizer que “ou fazemos eleições limpas ou não temos eleições”. A Comissão Especial da Câmara discute justamente um texto proposto pela deputada Bia Kicis (PSL-DF), aliada do presidente. Além disso, o colegiado tem Filipe Barros como relator e Paulo Eduardo Martins (PSC-PR) como presidente, ambos também apoiadores de Bolsonaro.

As informações são da AE


Maia tenta menosprezar voto auditável e é ‘pego no flagra’

Bolsonaro: Se Congresso não aprovar voto auditável, nosso lado pode não aceitar

Partidos fazem manobra para barrar PEC do voto auditável

Bolsonaro questiona se “Barroso é refém de alguém” por ser contra voto impresso


Propaganda. Role para continuar lendo.
Comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

BRASIL

Anúncio foi feito pelo presidente da sigla, Gilberto Kassab

BRASIL

Felipe Santa Cruz afirmou que está inclinado a aceitar convite do PSD para concorrer ao Palácio Guanabara

BRASIL

Partido estaria disposto a aceitar exigências do presidente

BRASIL

Presidente do Senado propôs alterações no projeto que altera a cobrança de ICMS

Anúncios