PF Diz Que Adélio Bispo Foi Único Responsável Por Ataque A Bolsonaro Em 2018 E Pede Arquivamento De Inquérito

Polícia Federal confirma: Adélio Bispo foi o único responsável pela tentativa de assassinato de Bolsonaro em 2018

A Polícia Federal (PF) reiterou a conclusão de que foi o único responsável pela tentativa de assassinar o então candidato à Presidência (PL) durante ato de campanha em Juiz de Fora, no interior do estado de Minas Gerais (MG), em 2018.

A conclusão consta em um relatório da Polícia Federal elaborado após a retomada de investigações para apurar a suposta participação de outras pessoas no ataque com faca ao então candidato.

A Polícia Federal se manifestou pelo arquivamento do inquérito que investiga o caso. O envolvimento de outras pessoas foi descartado pelos investigadores.

A PF informou à imprensa que, durante a investigação, cumpriu novos mandados de busca e apreensão para análise de equipamentos eletrônicos e documentos.

A apresentação do relatório final da Polícia Federal atende a solicitações feitas pelo Ministério Público Federal (MPF).

Caberá à uma decisão pelo arquivamento ou pela continuidade do inquérito policial. Adélio Bispo está internado no presídio federal de Campo Grande desde 2018.

Segundo a Polícia Federal, durante as investigações, os agentes descobriram uma possível conexão entre um dos advogados de Adélio e uma organização criminosa. No entanto, segundo a PF, não foi encontrada nenhuma ligação dessa organização com o ataque a .


Veja também

  1. Caso difícil de aceitar, até pelo aporte de advogados para a defesa. Mas se as investigações chegaram a este veredicto.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *