Siga-nos em

Buscas no site

Senado Prevê Votar Marco Das Ferrovias Nesta Quarta Feira
Senado Prevê Votar Marco Das Ferrovias Nesta Quarta Feira
Senado prevê votar Marco das Ferrovias nesta quarta-feira Foto: Divulgação | Ministério da Infraestrutura

ECONOMIA

Senado prevê votar Marco das Ferrovias nesta quarta-feira

Ideia é liberar um novo modelo de operação de ferrovias no Brasil, baseado no regime de “autorização”

Ideia é liberar um novo modelo de operação de ferrovias no Brasil, baseado no regime de “autorização”

O projeto que estabelece um novo marco legal das ferrovias está previsto para ser votado nesta quarta-feira (22), pelo plenário do Senado. A proposta é o segundo item da pauta de deliberação, divulgada pela Casa nesta segunda (20).

No Senado desde 2018, o projeto teve os trâmites de votação acelerados após o governo Bolsonaro editar uma medida provisória com conteúdo similar ao do PL. A principal novidade do marco legal é liberar um novo modelo de operação de ferrovias no Brasil, baseado no regime de “autorização”.

Nele, não há necessidade de processo concorrencial para uma empresa operar trilhos. Hoje, a administração de ferrovias pelo setor privado precisa passar por uma licitação, que resulta na concessão do serviço. Esse formato continuará existindo e a escolha do regime vai depender do modelo de negócio.

Propaganda. Role para continuar lendo.

A MP editada pelo governo no fim de agosto autoriza esse novo tipo de regime. Desde então, o Ministério da Infraestrutura já recebeu mais de dez manifestações de interesse da iniciativa privada para construir novas ferrovias, com cerca de R$ 60 bilhões de investimento previsto.

-Um acordo entre o governo e o Senado, por sua vez, estabeleceu que o Congresso deve acelerar a votação do projeto de lei e deixar a MP caducar, ou seja, perder a validade, tendo vigência apenas por 120 dias – prazo que uma medida provisória tem para ser votada pelas duas Casas do Legislativo.

O que valerá, ao final, será o projeto que precisa ser aprovado pelo Senado e pela Câmara.


Privatização dos Correios: Aliado de Bolsonaro será relator

Faria diz que Bolsonaro comeu pizza na rua porque é ‘simples’

Guga Chacra surpreende web ao ‘defender’ Jair Bolsonaro

Globo proíbe funcionários de apoiar Bolsonaro, diz ex-SporTV


Propaganda. Role para continuar lendo.
Comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

BRASIL

Senador afirmou que o relator da CPI da Covid "é um sujo que o país conhece e envergonha o Senado"

BRASIL

Ministro voltou a cobrar do Senado a aprovação de medidas importantes para a economia

BRASIL

Anúncio foi feito pelo presidente da sigla, Gilberto Kassab

BRASIL

Parlamentares querem que empresário seja homenageado com a maior condecoração da Assembleia Legislativa do Rio

Anúncios