Siga-nos em

Buscas no site

United Airlines Foi A Primeira Companhia Aérea Norte Americana A Exigir Vacinação Dos Funcionários
United Airlines Foi A Primeira Companhia Aérea Norte Americana A Exigir Vacinação Dos Funcionários
United Airlines foi a primeira companhia aérea norte-americana a exigir vacinação dos funcionários | Foto: Divulgação

MUNDO

United Airlines deve demitir 600 funcionários que recusaram vacina

Em agosto, empresa se tornou a primeira companhia aérea norte-americana a exigir vacinação de todos os seus profissionais

Em agosto, empresa se tornou a primeira companhia aérea norte-americana a exigir vacinação de todos os seus profissionais

A United Airlines, uma das maiores companhias aéreas dos Estados Unidos, anunciou nesta quinta-feira, 30, que demitirá cerca de 600 funcionários que se recusaram a tomar a vacina contra a covid-19. A empresa decidiu pela obrigatoriedade de vacinação para todos os seus profissionais e colaboradores.

Segundo a companhia, 99% de sua força de trabalho nos EUA, composta de 67 mil pessoas, está totalmente imunizada contra o coronavírus.

Em agosto, a United Airlines se tornou a primeira empresa aérea norte-americana e uma das primeiras grandes corporações do país a exigir a vacinação contra a covid-19.

Propaganda. Role para continuar lendo.

“Foi uma decisão incrivelmente difícil, mas manter nossa equipe segura sempre foi nossa maior prioridade”, justificaram Scott Kirby, executivo-chefe da United, e Brett Hart, presidente da companhia, em comunicado aos funcionários na terça-feira 28.

Diante da resistência de parte da população norte-americana a se vacinar, o presidente dos EUA, Joe Biden, pediu neste mês para que todas as empresas com mais de 100 funcionários exijam que seus trabalhadores se vacinem ou se submetam a testes semanais de detecção do vírus.


Unicamp vai suspender salário de servidor que não apresentar comprovante de vacinação

Bolsonaro: passaporte da vacina é forma de “discriminar, separar as pessoas”

A imprensa alternativa é a salvação do jornalismo, diz Alexandre Garcia

“Não tomei vacina. Nem vou tomar”, declara Luciano Hang


2 Comentários

2 Comentários

  1. Elaine Penna

    03/10/2021 em 12:25 am

    Que absurdo… substâncias experimentais sem estudos concluídos…aeroviários apresentando quadro tromboembolicos e querem exigir tal coisa? Vão perder clientes e falir é o que merecem…

    • Pedro de Freitas Borges

      18/10/2021 em 2:48 pm

      Se houvesse o mínimo de humanidade, ninguém viajaria mais utilizando esta companhia aérea.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

MUNDO

As pessoas na Áustria que optaram por não receber a vacina contra covid enfrentarão o bloqueio em casa se o número de hospitalizações graves...

BRASIL

Vereadora Fernanda Barth, de Porto Alegre, afirma que manifestantes pacíficos foram agredidos na Câmara Municipal

MUNDO

Com 18 anos, ela tomou a primeira dose do imunizante da AstraZeneca e teve uma trombose

BRASIL

O ex-presidente americano tem destacado o tema desde que foi impedido de acessar suas contas no Facebook e no Twitter

Anúncios