Siga-nos em

Buscas no site

Vereador Renato Freitas Foi Detido Durante Protesto Contra Jair Bolsonaro
Vereador Renato Freitas Foi Detido Durante Protesto Contra Jair Bolsonaro
Vereador Renato Freitas Foi Detido Durante Protesto Contra Jair Bolsonaro

BRASIL

Vereador do PT é preso durante protesto contra Jair Bolsonaro

Renato Freitas se envolveu em confusão com apoiador do presidente

Renato Freitas se envolveu em confusão com apoiador do presidente

O vereador petista Renato Freitas foi detido, na noite desta sexta-feira (23), em Curitiba, no Paraná, ao participar de um protesto contra o presidente Jair Bolsonaro. Renato estava em uma praça no Centro da cidade quando foi rendido por guardas municipais e levado dentro do porta-malas da viatura para a Central de Flagrantes.

O parlamentar gravou um vídeo enquanto aguardava para depor. Ele afirmou que usava um megafone para gritar palavras de ordem contra Bolsonaro quando abordado por um homem.

– Ele veio em cima de mim para pegar meu megafone e eu vim para trás. E em um primeiro momento eu não liguei muito, então ele me deu um chute. Eu coloquei a mão e falei: opa, aqui não. Daí ele já veio feito um louco querendo me agredir – relatou.

Freitas admite que reagiu e, ao tentar afastar o homem com o megafone, o objeto atingiu o rosto dele. Em seguida, a Guarda Municipal chegou. O vereador afirmou sua inocência e disse que câmeras de segurança do local irão comprovar que ele não provocou a confusão e nem ofereceu resistência aos guardas.

Propaganda. Role para continuar lendo.

– Um fato que deve ser sublinhado é de que quando veio a Guarda Municipal eu comecei a esclarecer o ocorrido e por conta de questões pessoais não me deixaram explicar o que ocorreu. E a Guarda começou a me imobilizar, me agredir. Eles me jogaram no chão, pisaram, começaram me asfixiar. Pegaram o celular e começaram a filmar meu rosto como se eu fosse um troféu – reclamou.

Ainda segundo Freitas, durante o trajeto para a delegacia, os agentes colocaram música no último volume e celebraram a prisão do ativista.

O PT usou as redes sociais para manifestar repúdio à ação.

– A perseguição com lideranças de esquerda precisa parar. Não podemos mais aceitar esses casos de violência, justiça para Renato Freitas já – escreveu o perfil do partido.


Lula cogita indicar Rodrigo Maia a Ministério em caso de eleição

Defensor de ditaduras: Popularidade de Lula na web desaba após apoio à ditadura cubana

Eleita pelo PT, vereadora presa por chacina toma posse no CE

PT fracassa e clipe de Lula recebe chuva de deslikes


Propaganda. Role para continuar lendo.
Comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

BRASIL

Cerimônia de entrega ocorreu menos de 10 dias depois da invasão e depredação da Aprosoja

BRASIL

Anderson Campos se referiu à apresentadora como "assediadora de menores"

BRASIL

Médico afirmou que "a dependência de drogas é um problema médico, não de polícia"

BRASIL

Monique Emer respondia à sindicância por ameaçar a vice-prefeita eleita em Caxias do Sul nas eleições de 2020

Anúncios