Siga-nos em

Buscas no site

Maju Coutinho Responde A Gritos De Globolixo Ao Vivo
Maju Coutinho Responde A Gritos De Globolixo Ao Vivo
Maju Coutinho Responde A Gritos De Globolixo Ao Vivo

BRASIL

Vídeo: Maju Coutinho responde a gritos de “globolixo” ao vivo

Episódio já não é inédito na emissora carioca

Episódio já não é inédito na emissora carioca

Durante a edição do Jornal Hoje, no início da tarde deste sábado (3), novamente foi possível ouvir gritos de “globolixo” em uma tomada externa. O repórter Jefferson Ageitos falava sobre a reabertura do comércio na cidade de Porto Alegre (RS). Enquanto imagens mostravam o movimento nas lojas, principalmente as de chocolate, um homem gritou “globolixo” pelo menos seis vezes.

Apesar disso, o repórter finalizou as informações e retornou para a âncora Maju Coutinho, que não se mostrou nada satisfeita.

– É isso, Jefferson. Estamos solidários a você que está trabalhando. A gente ouviu os xingamentos, mas você está trabalhando, cumprido sua função de informar. Obrigada – disse a jornalista.

Fato semelhante ocorreu em uma edição do Bom Dia São Paulo, da TV Globo, nesta quarta-feira (31). O âncora do programa, Rodrigo Bocardi, também mostrou-se irritado com a situação.

Propaganda. Role para continuar lendo.

Fonte: Pleno | Twitter


Comentário de Maju foi forte até para o ‘padrão’ Globo de lacração: a emissora parece não ter gostado do tom da apresentadora

Globo usa tragédia da pandemia para‘alfinetar’ Bolsonaro com o bordão “Brasil acima de tudo”

Bonner e mais 20 “globais” são autuados pela Receita Federal

Cidade rebate tentativa da Globo de ‘criar pânico’ sobre oxigênio


Comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

BRASIL

A jornalista Carina Belomé (aquela que está sendo processada por Lula por um vídeo seu que viralizou) chorou ao vivo em uma live do...

BRASIL

Conteúdo será exibido na noite desta sexta-feira

BRASIL

Apresentadora comanda o Vou Te Contar na RedeTV!

MUNDO

Total de pessoas que fogem do país pode chegar a sete milhões até o fim de 2021

Anúncios