Siga-nos em

Buscas no site

Lula Se Reuniu Com Lideranças Comunitárias Do RJ Foto Ricardo Stuckert PT
Lula Se Reuniu Com Lideranças Comunitárias Do RJ Foto Ricardo Stuckert PT
Lula Se Reuniu Com Lideranças Comunitárias Do RJ Foto Ricardo Stuckert PT

BRASIL

Ativistas negros exigem de Lula mais espaço na campanha

Lideranças de comunidades do RJ se queixaram em reunião com o PT

Lideranças de comunidades do RJ se queixaram em reunião com o PT

Em uma reunião com lideranças comunitárias do Rio de Janeiro nesta semana, o ex-presidente Luiz Inácio da Silva (PT) foi cobrado acerca da falta de representatividade negra em sua campanha, o que vai contra à ideologia de seu partido.

Rene Silva, ativista e idealizador do jornal comunitário Voz das Comunidades, do Complexo do Alemão, exigiu mais espaço para pautas raciais. Segundo ele, o discurso de aceno para a causa só faz sentido se os ativistas negros puderem estar no poder também.

– É importante que tenha pluralidade, que tenha uma construção conjunta. Não basta aquele discurso de sempre, sobre geração de emprego e renda para a população preta. Nós queremos estar no poder. Só faz sentido se estivermos participando dessa construção – disse Rene ao colunista Guilherme Amado, do Metrópoles.

Entre as lideranças do PT presentes no evento, a deputada e ex-prefeita carioca Benedita da Silva era a única pessoa negra. O pré-candidato ao governo do Rio, Marcelo Freixo, também presente na reunião, ouviu do ativista que a “a esquerda deve sair da Zona Sul”.

Propaganda. Role para continuar lendo.

Além do Complexo do Alemão, estavam presentes lideranças de Manguinhos, Morro da Formiga, Rocinha e Jacarezinho.


Veja também

1 Comment

1 Comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Veja também

BRASIL

Justiça Eleitoral tem 26 pessoas que registraram sobrenome do presidente nas urnas

BRASIL

Empresário registrou boletim de ocorrência sobre o caso

BRASIL

De acordo com a família, o ex-diretor de Abastecimento da Petrobras sofria de câncer

BRASIL

"Não posso votar em um homem condenado em três instância", declarou ex-apresentadora da Record

Anúncios