Presidente Jair Bolsonaro Em Uma De Suas Motociatas Presidente Jair Bolsonaro Em Uma De Suas Motociatas

Deputado classifica ato convocado por Bolsonaro como ‘a maior mobilização da história’

Maurício Marcon (Podemos-RS) acrescentou que 70 parlamentares confirmaram presença na manifestação programada para 25 de fevereiro

Nesta sexta-feira, 16, o deputado federal Maurício Marcon (Podemos-RS) declarou que a manifestação agendada pelo ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) para o dia 25 de fevereiro representará a “maior mobilização da história”. A mobilização ocorrerá na Avenida Paulista, em São Paulo.

Marcon destacou que a manifestação contou com a confirmação de presença de 70 deputados. O ato a favor de Bolsonaro está recebendo crescente apoio de diversos parlamentares.

O governador de São Paulo, (Republicanos), um dos aliados de Bolsonaro que garantiu sua presença, relatou à emissora de TV CNN Brasil que a manifestação será “pacífica”.

Apoiadores de Bolsonaro Participam de Manifestação

De acordo com o jornal Folha de S.Paulo, o senador Ciro Nogueira (PP-PI) afirmou que irá ao evento com “toda sua família”, além de Tarcísio. Nogueira, que serviu como ministro-chefe da Casa Civil no governo Bolsonaro, vê o evento como uma maneira de expressar seu apoio ao ex-presidente “junto de milhares de brasileiros”.

O astronauta e ex-ministro de Bolsonaro, Marcos Pontes (PL-SP), também assegurou sua participação no protesto da Avenida Paulista. Pontes, assim como Nogueira, fez parte do ministério de Bolsonaro, liderando a pasta da Ciência e Tecnologia.

Também foi confirmada a presença das lideranças do partido do ex-chefe de Estado no no evento. Entre eles estão o líder do PL na Câmara, Altineu Côrtes (RJ), e o líder no Senado, Carlos Portinho (RJ).

De acordo com a CNN Brasil, também já confirmaram presença os senadores:

  • Hamilton (Republicanos-RS);
  • Jaime Bagattoli (PL-RO);
  • Jorge Seif (PL-SC);
  • Magno Malta (PL-ES);
  • Marcos Rogério (PL-RO);
  • Rogério Marinho (PL-RN);
  • Wilder Morais (PL-GO); e
  • Flávio Bolsonaro (PL-RJ).

A relação de aliados presentes não se restringe apenas a políticos eleitos. Um exemplo disso é o pastor Silas Malafaia, da Assembleia de Deus Vitória em Cristo. Ele expressou insatisfação com outros pastores que não demonstraram apoio a Bolsonaro nos últimos dias.

Pedro Lupion (PP-PR), o presidente da Frente Parlamentar da Agropecuária (FPA), confirmou à CNN que fará parte da lista de aliados de Bolsonaro na Avenida Paulista.

Também estão confirmados na lista outros parlamentares, incluindo os deputados federais Nikolas Ferreira (PL-MG), Carla Zambelli (PL-SP), Marcos Pollon (PL-MS), Marco Feliciano (PL-SP) e (PL-DF).


Veja também

  1. Todos os políticos que irão comparecer ao evento deverão se proteger usando coletes a prova de tiro de fuzil e c bastante seguranças p n serem surpreendidos pois irão aprontar, bem como se preparar para o que vira depois: acusações, prisões e outros que todos já sabem.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *