Siga-nos em

Buscas no site

Plenário Do Senado Federal FotoAgência SenadoRoque De Sá
Plenário Do Senado Federal FotoAgência SenadoRoque De Sá
Plenário Do Senado Federal FotoAgência SenadoRoque De Sá

BRASIL

Veja quais senadores em meio de mandato disputarão governos

Ao todo, 17 dos 54 parlamentares que estão na metade de seus mandatos devem concorrer ao posto de chefe do Executivo de seus estados

Ao todo, 17 dos 54 parlamentares que estão na metade de seus mandatos devem concorrer ao posto de chefe do Executivo de seus estados

Em um ano no qual serão renovadas 27 das 81 cadeiras do Senado, alguns parlamentares da Casa aproveitarão a metade de seus mandatos de oito anos para figurar nas urnas no próximo mês de outubro na disputa por um outro cargo: o de governador. Ao menos 17 senadores se enquadram até o momento nessa situação e vão concorrer à chefia dos Executivos estaduais.

Na Região Norte, os senadores Eduardo Braga (MDB-AM), Marcos Rogério (PL-RO), Sérgio Petecão (PSD-AC) e Zequinha Marinho (PL-PA) são nomes que disputarão os governos de seus estados. De acordo com as pesquisas recentes, nenhum dos nomes aparece como favorito. No caso de Eduardo Braga, por exemplo, há pouca possibilidade de o senador sequer ir ao segundo turno.

Já na Região Nordeste, os senadores Alessandro Vieira (PSDB-SE), Rodrigo Cunha (União Brasil-AL), Rogério Carvalho (PT-SE), Styvenson Valentim (Podemos-RN), Veneziano Vital do Rego (MDB-PB) e Weverton Rocha (PDT-MA) concorrerão. Destes, o único que figura no topo das pesquisas de intenção de voto é Weverton Rocha, que lidera a disputa pelo governo maranhense.

Propaganda. Role para continuar lendo.

No Centro-Oeste, dois senadores devem participar da corrida pelo governo do Distrito Federal: Leila Barros (PDT-DF) e Izalci Lucas (PSDB-DF). No entanto, ambos não aparecem nas pesquisas entre aqueles com chances reais de vencer a disputa pelo Palácio do Buriti. Nos levantamentos recentes, a liderança na disputa é do atual governador Ibaneis Rocha (MDB).

Na Região Sudeste, dois nomes estão na disputa pelo governo de seus estados: Carlos Viana (PL-MG) e Fabiano Contarato (PT-ES). Assim como no caso do Centro-Oeste, os dois senadores que participarão do pleito de outubro não aparecem nas primeiras posições nas pesquisas realizadas em seus estados.

Por fim, na Região Sul, dois senadores devem se enfrentar na corrida pelo governo de Santa Catarina, são eles os congressistas Esperidião Amin (PP-SC) e Jorginho Mello (PL-SC). Nas pesquisas recentes, os dois aparecem em situações bem distintas na disputa, com Jorginho disputando uma vaga no segundo turno e Amin com apenas 1% das intenções de voto.

Propaganda. Role para continuar lendo.

Já no Rio Grande do Sul, onde concorrerá o senador Luís Carlos Heinze (PP-RS), a disputa é marcada por, de acordo com as pesquisas de intenção de voto, um embate entre o ex-ministro Onyx Lorenzoni (PL) e o ex-governador Eduardo Leite (PSDB). Heinze, por sua vez, figura entre os quatro primeiros, mas ainda distante dos líderes.


Comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Veja também

Anúncios