Siga-nos em

Buscas no site

Curso Sobre Infância LGBTQIA Foi Cancelado Pelo Sesc
Curso Sobre Infância LGBTQIA Foi Cancelado Pelo Sesc
Curso sobre “infância LGBTQIA+” foi cancelado pelo Sesc Foto: Pixabay

BRASIL

Após repercussão, Sesc cancela curso sobre “infância LGBTQIA+”

Programação seria promovida pelo Sesc de São Paulo no início deste mês

Programação seria promovida pelo Sesc de São Paulo no início deste mês

Após anunciar que promoveria, em dezembro, um curso cujo conteúdo era intitulado de “A Infância LGBTQIA+ no Cinema”, o Serviço Social do Comércio (Sesc) de São Paulo decidiu cancelar a ação, especialmente após a repercussão negativa sobre o conteúdo. A informação foi confirmada em um comunicado assinado pelo presidente do Conselho Nacional do Sesc, José Roberto Tadros.

– O Sesc tem por premissa promover ações que incentivem a reflexão e o debate de questões vinculadas às diferentes áreas e segmentos de público, ao surgir nas mídias sociais o curso “Infância LGBTQIA+ no Cinema”, de iniciativa do Sesc SP, de pronto o Departamento Nacional do Sesc acionou aquele regional no sentido de abortar tal iniciativa, que de imediato acatou o pedido – relatou.

A ação que seria promovida pelo Sesc de São Paulo resultou em duras críticas contra a instituição nas redes sociais, principalmente por parte de parlamentares conservadores. O vereador do Rio de Janeiro Alexandre Isquierdo (DEM), por exemplo, chegou a publicar um vídeo em suas redes repudiando a programação e pedindo que pais denunciassem o conteúdo.

– O objetivo deste lixo é abordar temas como erotização infantil, identidade de gênero e a “saída do armário” de crianças e adolescentes. Não podemos aceitar isso – disse o parlamentar, na ocasião.

Intitulado de “A Infância LGBTQIA+ no Cinema”, o polêmico curso seria ministrado pelo cineasta, escritor e roteirista Lufe Steffen, autor de filmes com títulos como A Cama do Tesão (2000), Rasgue minha Roupa (2002) e Meu Namorado é Michê (2006).

Propaganda. Role para continuar lendo.

Sesc vai promover curso sobre “a infância LGBTQIA+ no Cinema”

Portugal convoca especialistas após aumento na incidência de Covid

Rússia proíbe desenho da Disney com protagonista LGBT

Absurdo: Grupo ativista LGBT grava vídeo musical em igreja de Manaus


3 Comentários

3 Comentários

  1. José Herculano da Silva Sobrinho

    10/12/2021 em 12:45 pm

    Ponha-se logo na Cadeia esse Diretor do SESC que autorizou essa infâmia e desgraça p/ sociedade, e tbém esse autor/roteirista e ministrador de ensinos do INFERNO.
    Mandem eles p/ Coréia do Norte, junto com seus currículos. Talvez nem amanheçam vivos no dia seguinte.

  2. Luciano

    04/12/2021 em 8:06 pm

    Com certeza estão se fazendo de mortos por enquanto para droid tentarem dar bote novamente com esta proposta abjeta!! IMUNDOS !! ESTAREMOS VIGILANTES!! DEIXEM A INOCÊNCIA DAS CRIANÇAS EM PAZ!!

  3. Nina

    03/12/2021 em 2:13 pm

    Dá para ter ideia da qualidade do conteúdo do curso só de ver o curriculo do indíviduo que os ministraria.
    O SESC é uma instituição de prestação de serviço à sociedade e deveria esta prestar o melhor serviço que satisfaça necessidades da maioria.
    Qual grupo de associados ou interessados fez tal solicitação?
    Houve alguma enquete entre os demais para saber do interesse?
    O SESC precisa melhorar infinitamenta sua visão da clientela e de suas necessidades e anseios.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Notícias

Partido tentará voltar ao poder nas eleições deste ano

BRASIL

Ele diz que pretende votar o projeto em fevereiro. Só que não.

BRASIL

'Todos devem se lembrar que tínhamos algumas dificuldades no passado, por exemplo, a atuação o MST', disse

BRASIL

Atleta ainda declarou que não está no espaço do futebol para falar de política

Anúncios