Siga-nos em

Buscas no site

Uma Enfermeira Prepara A Vacinação No Centro De Vacinação Do Hartlepool Town Hall Theatre, Na Grã Bretanha
Uma Enfermeira Prepara A Vacinação No Centro De Vacinação Do Hartlepool Town Hall Theatre, Na Grã Bretanha
Uma enfermeira prepara a vacinação no centro de vacinação do Hartlepool Town Hall Theatre, na Grã-Bretanha. © Reuters / Lee Smith

BRASIL

Deputado comunista propõe obrigatoriedade de passaporte vacinal nas eleições

Rubens Pereira Júnior (PCdoB-MA) protocolou projeto para que os eleitores tenham que apresentar comprovante vacinal nas seções eleitorais

Rubens Pereira Júnior (PCdoB-MA) protocolou projeto para que os eleitores tenham que apresentar comprovante vacinal nas seções eleitorais

Após as especulações de que o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) exigiria um comprovante de vacinação nas eleições deste ano, o deputado Rubens Pereira Júnior (PCdoB-MA) quer colocar em lei a obrigatoriedade da medida sanitária.

O parlamentar protocolou na quarta-feira (16/2) na Câmara um projeto que obriga os eleitores a apresentarem um certificado de imunização contra a Covid-19, ou um teste PCR feito até 48h antes do pleito.

Em sua justificativa, o deputado esquerdista lembra das “aglomerações” geradas pelas eleições municipais de 2020. E o consequente aumento dos casos de covid-19 nos meses posteriores ao pleito.

Propaganda. Role para continuar lendo.

“Ocorre que as eleições têm como requisito a aglomeração de pessoas, já que é impossível o debate qualificado de ideias sem a participação popular. Neste contexto, é possível que, mesmo que involuntariamente, as eleições colaborem para o avanço do vírus, porque, reitere-se, não haverá como impedir a aglomeração de pessoas”, afirma o deputado.

Nesta semana, o deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) questionou o TSE sobre a necessidade de um comprovante vacinal nas eleições deste ano. Assim como seu pai, o presidente Jair Bolsonaro (PL), Eduardo se coloca publicamente contra qualquer restrição a quem optou por não se vacinar.

O questionamento do deputado foi revelado pela jornalista Bela Megale, em O Globo. Em seu site, o TSE já manifestou que não há nenhum debate sobre a exigência de passaporte vacinal nas seções eleitorais. E que qualquer decisão será tomada após ouvir especialistas em data mais próxima do pleito, como foi em 2020.


Ditadura Comunista: Kim Jong-un promete priorizar alimentos e economia em 2022

Esquerda brasileira foi a fórum do Partido Comunista Chinês

Monumento por vítimas de regime comunista é destruído em Hong Kong

PTB-SP promete punir filiado que defender obrigatoriedade de vacinas


Propaganda. Role para continuar lendo.

Veja também

3 Comentários

3 Comentários

  1. Ny

    22/02/2022 em 9:08 am

    O carnaval poooode!Festas políticas pooode! Festas particulares de lacradores pooode! Manifestos esquerdistas pooode!Matar poode! Roubar poooode!Hipocrisia pooooode!

  2. Marcelo Cerqueira

    18/02/2022 em 9:44 pm

    Esse infeliz Comunista derrotado,achar que exigindo a vacinas nas eleições, vai tirar os eleitores do Presidente Bolsonaro está muito enganado, vocês políticos pactuados com os males não vão mudar o resultado que já é unânime pro Bolsonaro, a não ser que o TSE dê uma ajudinha, mesmo assim não vão conseguir mudar o curso desta vitória. Brasil acima de tudo, Deus acima de todos!

  3. Mauro Costa

    18/02/2022 em 9:17 am

    Esses Comunistas lazarento desse país tem mais é que ir prá cubaqueospariu.
    É totalmente inconstitucional proibir do povo de ir votar!

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Veja também

BRASIL

O candidato ao Senado Federal foi hostilizado em feira no bairro Juvevê

BRASIL

Candidatura do petista à Presidência da República foi registrada neste sábado no Tribunal Superior Eleitoral

BRASIL

Caminhoneiro fez o anúncio por meio de vídeo em seu perfil do Telegram

Notícias

Candidatura de Paschoal ao Senado deve ser oficializada durante uma convenção partidária, nesta sexta-feira

Anúncios