Siga-nos em

Buscas no site

Presidente Da Rússia, Vladimir Putin Foto EFE EPA Mikhail Metzel Sputnik Kremlin
Presidente Da Rússia, Vladimir Putin Foto EFE EPA Mikhail Metzel Sputnik Kremlin
Presidente da Rússia, Vladimir Putin Foto: EFE/EPA/Mikhail Metzel / Sputnik / Kremlin

MUNDO

EUA: Putin decidiu invadir Ucrânia e já anunciou às Forças Armadas russas

Conselheiro de Segurança Nacional, Jake Sullivan, disse que os riscos de uma invasão russa são grandes

Conselheiro de Segurança Nacional, Jake Sullivan, disse que os riscos de uma invasão russa são grandes

Segundo informações da rede pública americana PBS News, os acreditam que o presidente russo, Vladimir Putin, decidiu invadir , e a decisão já teria sido comunicada às Forças Armadas russas.

Para a Casa Branca, a Rússia pode invadir a Ucrânia nos próximos dias. O Conselheiro de Segurança Nacional dos Estados Unidos, Jake Sullivan, disse nesta sexta-feira (11) que os riscos de uma invasão russa na Ucrânia são grandes o “suficiente”, e quem puder sair do país agora, “seria melhor”.

Em coletiva de imprensa, Sullivan afirmou que a inteligência do país vem observando a disposição de forças da Rússia, e “está claro que é possível uma ação”. Segundo ele, a percepção ocorre em conjunto com aliados europeus, e as portas estão abertas para a diplomacia.

Propaganda. Role para continuar lendo.

Por sua vez, o representante afirmou que há informação de que o presidente Vladimir Putin ordenará invasão da Ucrânia antes do fim da Olimpíada de inverno, que ocorre no momento em Pequim. Segundo ele, os americanos devem sair do país nas próximas 48 horas, e o risco é “alto o suficiente” para casualidades com civis. O conselheiro afirmou ainda que “entramos em uma janela na qual em qualquer dia uma ação militar russa pode ocorrer”.

De acordo com Sullivan, uma incursão militar envolveria nas maiores possibilidades bombardeios. Além disso, uma estratégia militar da Rússia poderá incluir a capital da Ucrânia, Kiev. Segundo o representante: “acredito que Biden falará com Putin por telefone, mas não tenho mais informações”. Em mobilizações militares, o porta-voz disse mais uma vez que os soldados mobilizados no Leste da Europa não lutarão Ucrânia.

Em tratativas, Sullivan foi questionado sobre a visita do presidente Jair Bolsonaro á Rússia, no que respondeu que o líder brasileiro é livre para se encontrar com quem quiser, incluindo Putin.

Propaganda. Role para continuar lendo.

Sobre repercussões econômicas, Sullivan, afirmou que Biden acredita que as sanções que foram mencionadas até o momento funcionam para dissuadir, e que, se Rússia invadir, serão usadas Além disso, sobre movimentações recentes, disse que a administração não acredita que a China conseguiria compensar a Rússia pelas perdas sofridas em caso de invasão.

PORTA VOZ DA CASA BRANCA

A porta-voz da Casa Branca, Jen Psaki disse nesta sexta-feira, durante entrevista coletiva, que o governo dos Estados Unidos não sabe se o presidente da Rússia, Vladimir Putin, já adotou uma decisão sobre eventualmente invadir a Ucrânia. Segundo ela, porém, essa decisão poderia ocorrer “a qualquer momento”, por isso a administração tem orientado seus cidadãos a deixar o território ucraniano e ressaltado os riscos de seguir no país neste contexto.

– Temos alertado há várias semanas que cidadãos americanos devem deixar a Ucrânia – afirmou Psaki.

Segundo ela, medidas russas como reforçar a presença de tropas na fronteira ucraniana e realizar um exercício militar “são parte das ações de escalada em andamento” de Moscou nessa frente.

Propaganda. Role para continuar lendo.

A porta-voz também disse que neste fim de semana Biden estará na residência de Camp David, mas comentou que ele tem nesse local toda a estrutura para manter contatos, inclusive com o pessoal da segurança.


Reino Unido alerta cidadãos para saírem da Ucrânia neste momento

Joe Biden alerta: “Americanos devem sair agora da Ucrânia”

EUA acusam Rússia de criar vídeo falso para provocar guerra na Ucrânia

Tensão na Ucrânia: Otan envia navios e jatos ao Leste Europeu


Veja também

Comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Veja também

MUNDO

"Nada parecido com isso já aconteceu com um presidente dos Estados Unidos antes", detonou republicano

MUNDO

Guerra está afetando usina nuclear de Zaporizhzhia, a maior da Europa

MUNDO

Governo chinês realiza atividades militares em seis áreas ao redor de Taiwan como resposta à visita de Nancy Pelosi

BRASIL

Técnicos relatam riscos de vazamento em massa do cadastro eleitoral, de manipulação do sistema de óbitos, entre outras ilegalidades

Anúncios