Siga-nos em

Buscas no site

Ministro Das Relações Exteriores, Carlos França Foto Gustavo Magalhães MRE
Ministro Das Relações Exteriores, Carlos França Foto Gustavo Magalhães MRE
Ministro Das Relações Exteriores, Carlos França Foto Gustavo Magalhães MRE

BRASIL

Guerra: Ministro Carlos França reforça imparcialidade do Brasil

Chanceler brasileiro afirmou que o país tem “uma posição de equilíbrio, e não uma posição de indiferença”

Chanceler brasileiro afirmou que o país tem “uma posição de equilíbrio, e não uma posição de indiferença”

O ministro das Relações Exteriores, Carlos França, declarou nesta terça-feira (8) que o Brasil quer ajudar a estabelecer a paz na Ucrânia; mas que a postura brasileira diante do conflito no país do Leste Europeu será de “imparcialidade”. A afirmação foi feita pelo ministro durante uma coletiva em Lisboa, capital de Portugal.

– A posição do Brasil é clara. Estamos do lado da paz mundial. Nós pensamos que isso [paz] se atinge ao encontrar uma saída [para o conflito] e não apontando o dedo (…). Temos uma posição de equilíbrio, e não uma posição de indiferença, mas sim de imparcialidade – informou o chanceler.

A posição do chanceler brasileiro reforça a postura de neutralidade que o presidente Jair Bolsonaro tem defendido desde o início do conflito. Na última sexta-feira (4), Bolsonaro afirmou que o Brasil terá uma postura de equilíbrio, isenção e respeito a todos, sem entrar em uma aventura. Antes, ele já havia dito que o país não escolheria um lado.

– Estamos conectados com o mundo todo, e o equilíbrio, a isenção e o respeito a todos se faz valer pelo chefe do Executivo. O Brasil não mergulhará numa aventura, o Brasil tem o seu caminho, respeita a liberdade de todos, faz tudo pela paz, mas, em 1° lugar, temos que dar exemplo para isso – declarou o líder durante um evento de assinatura dos contratos de concessão de rodovias.


Propaganda. Role para continuar lendo.
Comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Veja também

Anúncios