Siga-nos em

Buscas no site

Ministro André Mendonça, Do Supremo Tribunal Federal FotoSTFSCORosinei Coutinho
Ministro André Mendonça, Do Supremo Tribunal Federal FotoSTFSCORosinei Coutinho
Ministro André Mendonça, Do Supremo Tribunal Federal FotoSTFSCORosinei Coutinho

BRASIL

Mendonça será relator de ação dos Weintraub contra Eduardo Bolsonaro

Abraham e Arthur protocolaram queixa-crime por injúria e difamação no STF

Abraham e Arthur protocolaram queixa-crime por injúria e difamação no STF

O Tribunal Federal (STF) definiu que o ministro será o relator do processo apresentado à Corte pelos irmãos contra o deputado federal Eduardo (PL-SP). Abraham e Arthur acusam o parlamentar de injúria e difamação.

Na ação apresentada ao STF, os irmãos afirmaram que Eduardo extrapolou os limites da liberdade de expressão ao chamá-los de “filhos da p***” no Twitter, no mês de abril. Na época, eles trocaram farpas em discussão motivada pelo indulto concedido pelo chefe do Executivo ao deputado federal Daniel Silveira (PTB).

De acordo com os Weintraub, a ofensa foi um “ataque totalmente desproporcional” e não teria sido provocado por eles. Eles ainda afirmam prezar por suas “reputações ilibadas” como um de seus “maiores bens”.

Propaganda. Role para continuar lendo.

RELEMBRE

Como mostrou o Pleno.News, o embate entre os Weintraub e ocorreu no Twitter, no dia 22 de abril. O caso teve início em razão de um vídeo em que Arthur descreve o perdão a Silveira como uma “boa sacada”, mas manifesta preocupação com os “precedentes” que poderiam vir junto dela.

– Qualquer rolo está aqui, é o indulto. Boa sacada. Os precedentes que estão sendo criados são péssimos. Depois você vai querer comparar o que aconteceu com o Daniel com um cara lá na frente que tiver [condenação por] corrupção, lavagem de dinheiro, falar “não, isso aqui também, já tem o precedente”. É impressionante, nunca pensei que ia ver uma coisa dessas – avaliou Arthur.

O filho do presidente, por sua vez, ironizou, dizendo que Arthur já “pode ir para o Roda Viva”.

Propaganda. Role para continuar lendo.

– A gente tá [na] guerra e o cara me falando em precedente, como se nunca um corrupto tivesse recebido indulto e agora o instrumento tenha sido utilizado para seu fim: soltar um inocente. E quem fala são os irmãos que saíram do país para se livrar dessa perseguição. São uns filhos de uma p***! Desculpa, mas não há outra palavra – declarou Eduardo.

Após a declaração do parlamentar, os Weintraub se defenderam nas redes sociais. Eles afirmam que a fala foi cortada e não expressa a totalidade de suas opiniões.

– Mesmo no trecho cortado pra me atacarem, eu digo que o indulto foi uma sacada! Ouçam. Alerto para os perigos do futuro, de usarem contra o povo. E no final dos 38 segundos eu ainda digo que nunca esperava tanto absurdo (o assunto era sobre prisões ilegais e fim das liberdades) – disse Arthur.

Abraham também se manifestou, destacando que eles apoiam Daniel Silveira.

– Somos favoráveis à liberdade do Daniel. Veja a fala inteira. Cortaram na maldade, como fizeram na minha fala sobre “votar no Lula”. Tarcísio foi ao Roda Viva e à Lide/Dória. Eu não! – assinalou.


Propaganda. Role para continuar lendo.

Veja também

Comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Veja também

ECONOMIA

Presidente falou sobre o assunto durante um evento na Bahia

Notícias

Em nota, pré-candidato a vice afirma que TSE têm adotado medidas para aperfeiçoar processo eleitoral

BRASIL

Ministros analisam ações do PT e do PDT sobre o tema

BRASIL

Presidente deu declarações durante sua live, nesta quinta-feira

Anúncios