Siga-nos em

Buscas no site

Homem Trans Grávido Protagonizou Campanha Da Calvin Klein Foto DivulgaçãoCalvin Klein
Homem Trans Grávido Protagonizou Campanha Da Calvin Klein Foto DivulgaçãoCalvin Klein
Homem Trans Grávido Protagonizou Campanha Da Calvin Klein Foto DivulgaçãoCalvin Klein

BRASIL

Nova campanha da Calvin Klein traz homem trans grávido

Roberto Bete ficou conhecido por participar de um reality show no Brasil

Roberto Bete ficou conhecido por participar de um reality show no Brasil

Uma campanha publicitária da marca Calvin Klein causou polêmica nos últimos dias por trazer um homem transgênero grávido como um dos participantes. Lançada no Dia das Mães, a propaganda justificou que sua proposta era destacar “as realidades das novas famílias”. O trans grávido é o brasileiro Roberto Bete, ex-participante de um reality de relacionamentos.

Na postagem do Instagram em que anunciou a campanha, a marca mencionou a gravidez de Roberto e da esposa, a mulher trans Erika Fernandes, e afirmou que os dois estavam esperando o filho Noah. O bebê nasceu na última terça-feira (10) na maternidade Amparo Maternal, em São Paulo.

Para viabilizar a gravidez, de acordo com uma entrevista de Erika ao portal iG, o casal parou por um ano e meio o tratamento hormonal que fazia para realizar a chamada transição de gênero. Dessa forma, foi possível que os corpos dos dois pudessem voltar a funcionar de forma biológica: como uma mulher, no caso de Roberto, e de um homem, no caso de Erika.

Propaganda. Role para continuar lendo.

Nas redes sociais, porém, diversos internautas questionaram o tom da campanha e defenderem um boicote à marca. Alguns usuários fizeram comparações entre a atual propaganda e campanhas antigas produzidas pela empresa.

– Mais uma dos lacradores: mulher grávida é usada no comercial da Calvin Klein. Ok. Só que ela se parece fisicamente com um homem, passou por várias cirurgias, mas continua mulher. O que eu quero dizer? Nada. A moça é só mais uma vítima, a criança também. Apenas boicotem a marca – disse um usuário do Twitter.

Na própria postagem original da campanha, vários internautas fizeram comentários críticos sobre a empresa como: “Tchau, Calvin Klein”, “Não comprarei mais desta marca”, “Nunca mais comprarei um produto de vocês novamente”, e “Chega de roupas Calvin Klein para mim”.


Propaganda. Role para continuar lendo.
7 Comentários

7 Comentários

  1. DOUGLAS RODRIGUES

    14/05/2022 em 7:14 pm

    Nuncaaaaaaaa mais está marca, e DEUS fará que ela vá a falência, pois ofendeu a mulher que é criação de Deus.

  2. Della

    14/05/2022 em 11:28 am

    Vão prá PQP Calvin Klein 🤮🤮🤮🤬🤬🤬🤬🤬

    • RCarey

      14/05/2022 em 5:02 pm

      Tratamento hormonal?…..hummmm….. será que o bebê nasceu normal?……

  3. Luciano Rocha

    13/05/2022 em 9:53 pm

    eles são tão cegos que nem perceberam que estão divulgando a normalidade das coisas…ou seja : quem ficou gravida ( gravida) no feminino…foi a mulher pois homens não engravidam esta e a lei de DEUS…E PONTO FINAL

  4. Antonio Francisco Mensch

    13/05/2022 em 9:16 pm

    Além de serem caras, se prestam a um tipo de comercial. #NAOCOMPREMCALBINKLEIN.

    • DOUGLAS RODRIGUES

      14/05/2022 em 7:11 pm

      Perfeitamente, não comprar nadaaaaaaaaaaaaaa destes elementos

  5. Virginia

    13/05/2022 em 7:58 pm

    Pobre Noah…
    Tchau Kalvin klein! até nunca mais

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Veja também

Anúncios