Siga-nos em

Buscas no site

Plenário Da Câmara Municipal De São Paulo
Plenário Da Câmara Municipal De São Paulo
Plenário da Câmara Municipal de São Paulo Foto: Reprodução/YouTube/ Câmara Municipal de São Paulo

BRASIL

Vereadores de São Paulo brigam em grupo de WhatsApp

Caso aconteceu na noite de sábado

Caso aconteceu na noite de sábado

Adilson Amadeu (DEM) e Camilo Cristófaro (PSB), vereadores de , protagonizaram uma discussão em um grupo de WhatsApp com outros parlamentares. O embate aconteceu na noite de sábado (5). As informações são do portal UOL, que publicou prints das conversas.

Na briga, houve ameaças de agressão, xingamento e acusações.

Amadeu afirmou que o confronto teve início porque Cristófaro o acusou de envolvimento com a feira da madrugada, uma zona de comércio popular na região central da capital paulista.

Propaganda. Role para continuar lendo.

Em uma mensagem de 19h36, Amadeu escreveu que não é bom cuspir no prato que come.

– É bom não guspir [sic] no prato que come, já dizia meu avô – apontou ele, no grupo.

Cristófaro respondeu e sinalizou que não é sócio da feira da madrugada.

– Eu não sou sócio da feira da madrugada – escreveu.

Em seguida, Amadeu xingou o colega.

Propaganda. Role para continuar lendo.

– MENOS. FDP – escreveu.

Outros parlamentares pedem calma.

– Gente. Vamos para onde? Amai-vos uns aos outros! – solicitou um integrante do grupo.

Às 20h07, Camilo rebateu Adilson.

– Você é doente. Precisa se tratar. Minha mãe está morta. Tenho caráter. Tenho palavra. Tenho vergonha na cara. Tenho família. Minha mãe está morta – escreveu.

Ele também prometeu procurar uma delegacia registrar para queixa-crime contra Amadeu.

Propaganda. Role para continuar lendo.

Minutos depois, outro participante do grupo pergunta ao vereador Milton Leite (DEM), presidente da Câmara dos Vereadores, qual seria a pauta de votação da semana.

Camilo volta a se manifestar e protesta contra o comportamento de Adilson e dos outros vereadores.

– A pauta é saber o que a mesa diretora desta Casa fará com um vereador que chama a mãe morta do outro de puta e todos se calam e se acovardam.

Ao UOL, Amadeu contou que processará Cristófaro.

Propaganda. Role para continuar lendo.

Já Camilo disse que foi xingado “gratuitamente”.

– Eu fui chamado de FDP. Gratuitamente. E ele se doeu por termos citado a picaretagem que é o circuito de compras – comentou.


Apesar de proibição, Rio e São Paulo têm blocos e aglomeração

São Paulo vai vacinar alunos em escolas, sem a presença dos pais

Monark poderá ser preso, indica Ministério Público de São Paulo

Damares Alves diz que pedirá a cassação de Arthur do Val


Veja também

Comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Veja também

BRASIL

Deputado federal, que desistiu de disputar a Presidência para apoiar petista, diz que PT não fala a língua do povo

BRASIL

Em publicação de 2020, ex-deputado chamou Otávio Fakhoury de "criminoso integrante do gabinete de ódio"

BRASIL

Barbara Gancia escreveu ainda que Bolsonaro "periga ganhar" as eleições

BRASIL

Emissora teria demitido quase toda a equipe na capital fluminense, incluindo repórteres, produtores e outros profissionais

Anúncios