Siga-nos em

Buscas no site

Deputado Estadual De Mato Grosso, Wilson Santos
Deputado Estadual De Mato Grosso, Wilson Santos
Reprodução/Facebook de Wilson Santos

BRASIL

Deputado de MT apresenta projeto para proibir crianças em comerciais LGBTQI+

Deputado estadual de Mato Grosso, Wilson Santos diz que objetivo é proteger crianças de manipulação ou exploração

Deputado estadual de Mato Grosso, Wilson Santos diz que objetivo é proteger crianças de manipulação ou exploração

O deputado estadual de Mato Grosso Wilson Santos (PSDB) apresentou um projeto de lei que proíbe crianças de participar de propagandas do governo do estado que tratem da temática LGBTQI+ (sigla para gays, lésbicas, bissexuais, travestis e transexuais).

Segundo o parlamentar, o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) prevê que crianças não podem ser envolvidas em temas polêmicos. Assim, a ideia do seu projeto de lei é proteger os jovens de supostas situações de manipulação ou exploração.

“Assim, é importante para análise seguinte, já que as crianças são merecedoras de interferências estatais, como forma de proteção, dentro de suas famílias, caso seus genitores não estejam lhes dando vida digna. Sendo este princípio, no direito de família, forma de garantir o cumprimento dos deveres dos pais para com os filhos e eliminar possíveis abusos destes”.

Deputado, ainda, afirmou que a família tem o dever de assegurar à criança diversos direitos, como o lazer, a dignidade e assegurar que ela fique livre de qualquer tipo de exploração. Ao terem suas imagens divulgadas em propagandas, imagem estaria sendo utilizada em prol do lucro.

Propaganda. Role para continuar lendo.

“Bem como retiram o lazer da criança, sua liberdade e, às vezes, a depender do conteúdo divulgado, sua dignidade, por exposição excessiva, não querida e às vezes desconhecida pelo menor, a depender da sua idade”, disse”. “Crianças não são capazes de analisar as vantagens e desvantagens de algo tão grandioso para decidir por elas mesmas, se é algo benéfico ou prejudicial ao seu futuro, por quanto precisam de assistência na tomada de decisões”.


Governo de SP processa Sikêra Jr. e Patricia Abravanel por “LGBTfobia”

Justiça obriga designer cristã a fazer sites de casamento gay

Câmara vota e rejeita criação do Conselho LGBT em Londrina

Ditadura comunista desaparece com 57 pessoas em Cuba, incluindo artistas, ativistas pela paz e padres


Comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Notícias

Obras trazem personagens como Che Guevara apresentados como pessoas sem defeitos e uma Cuba sem crianças de rua

BRASIL

Longa-metragem dirigido por Wagner Moura recebeu média de apenas 3,6 pontos no site IMDb

BRASIL

Cerimônia de entrega ocorreu menos de 10 dias depois da invasão e depredação da Aprosoja

BRASIL

Anderson Campos se referiu à apresentadora como "assediadora de menores"

Anúncios