Siga-nos em

Buscas no site

Adesivo Será Colocado Em Documento De Vacinados Na UnB
Adesivo Será Colocado Em Documento De Vacinados Na UnB
Adesivo será colocado em documento de vacinados na UnB Foto: Reprodução/UnB

BRASIL

Discriminação: Universidade de Brasília vai usar “selo” para identificar vacinados

Adesivo colado em documento dará acesso às dependências do campus

Adesivo colado em documento dará acesso às dependências do campus

Estudantes e servidores da Universidade de (UnB) que tenham se vacinado contra a Covid-19 serão diferenciados dos demais por meio de um “selo” de identificação. Trata-se de um adesivo amarelo com um desenho de uma seringa, que será colado em um documento com foto (RG, CNH, carteira funcional ou estudantil, crachá, entre outros).

Com este documento, os vacinados terão livre acesso aos prédios do campus. A professora da UnB Selma Kückelhaus, que é contra à medida, disse que isto não passa de um meio de protelar o fim do passaporte sanitário.

– Para mim, isso é uma forma de protelar a retirada do passaporte sanitário e dar uma nova carinha no processo de segregação de pessoas. Pessoas como eu que não se vacinaram não têm acesso ao selo…aliás, eu não quero um de jeito nenhum, é vergonhosa essa decisão! – diz a docente, que chegou a renunciar ao cargo de coordenadora do curso de Medicina justamente por discordar da adoção da exigência de passaporte da vacina.

– As vacinas correntes e experimentais não impedem nova infecção, tampouco o contágio. Isso é fruto das mentes embotadas pelo medo – disse ela na época, em janeiro deste ano.

O Comitê de Coordenação das Ações de Recuperação (CCAR) da UnB elaborou um documento o qual diz que o acesso a todas as edificações da UnB será viabilizado por meio de um “selo institucional”. O símbolo funcionará como comprovante da situação vacinal atualizada dos membros da comunidade universitária (estudantes de graduação e pós-graduação, servidores, docentes, técnicos, estagiários e funcionários terceirizados).

Propaganda. Role para continuar lendo.

O documento reforça que o recebimento do selo se dará apenas após a conferência do comprovante de vacinação.


Veja também

9 Comentários

9 Comentários

  1. Luigy

    04/05/2022 em 11:02 am

    Tem que por o selo no ** desse reitor lacrador …

  2. Mauro Costa

    04/05/2022 em 9:41 am

    Realmente essa esquerda maldita que aparelhou totalmente as instituições no país, quer é provocar o caos separando e provocando a discórdia entre o povo brasileiro! A corda já rompeu faz tempo Presidente Bolsonaro!

  3. ELAINE FERNANDES PENNA

    03/05/2022 em 11:13 pm

    Absurdo…ainda mais põe picadas experimentais !!!!

  4. Vladimir paz

    03/05/2022 em 10:27 pm

    Pelo amor de Deus, a que ponto eles pretendem chegar, até quando vamos ficar calados e continuar aceitando os desmandos desses psicopatas?

  5. Alcides Werner

    03/05/2022 em 9:47 pm

    Isso é VERGONHOSO, ABSURDO E 100% ILEGAL, INCONSTITUCIONAL, DISCRIMINATÓRIO, PRECONCEITUOSO, EXTREMISTA, SEGREGATÓRIO, DIGNO DAS AÇÕES DITATORIAS, FASCISTAS, TIRÂNICAS, CORRUPTAS E CRIMINOSAS DOS URUBUS E HIENAS DO STF. COMUNISTAS TIRANOS NOJENTOS QUE QUEREM DOMINAR E CONTROLAR O PAÍS, DESTRUINDO NOSSA DEMOCRACIA E LIBERDADES, ATRAVÉS DE IDEOLOGIA, DOUTRINAÇÃO, MENTIRAS, CRIMES E MEDO.

    • Leonilda de Souza

      04/05/2022 em 1:33 am

      Concordo plenamente com você, ainda continuam com essa frescura criminosa? Quando outros países já estão alertando as pessoas do perigo que essa vacina experimental pode causar aqui ainda estão querendo passaporte de vacina. É de lascar mesmo, só Deus na causa.

  6. Virginia

    03/05/2022 em 9:38 pm

    Concordo inteiramente com a docente que se rebelou -“mentes embotadas pelo medo”, pela militância ideológica e pela desinformação, acrescento.

  7. Clovis de AlmeidaSobrinho

    03/05/2022 em 9:15 pm

    Isto é apenas uma cópia nazista que Hitler implementou para identificar e execrar os Judeus.Simplesmente nojento e passível suponho de penalidade se aqui tivéssemos justiça.

  8. Regina Célia Fernandes de Brito

    03/05/2022 em 8:16 pm

    PALHAÇADA

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Veja também

BRASIL

Deputados querem explicações sobre suspeitas de corrupção no Ministério da Educação

BRASIL

Encontro acontecerá em Brasília e terá as participações de Ciro Gomes (PDT) e Simone Tebet (MDB)

BRASIL

Tucker Carlson fará uma série de entrevistas para seu programa político

BRASIL

Imunizante contra a Covid-19 foi o primeiro disponibilizado no Brasil

Anúncios