Siga-nos em

Buscas no site

Paulo Freire é Homenageado Pelo Google
Paulo Freire é Homenageado Pelo Google
Paulo Freire é homenageado pelo Google Foto: Divulgação/Instituto Paulo Freire

BRASIL

Esquerdismo: Google homenageia centenário de Paulo Freire com ‘Doodles’

Escolha dos temas e personalidades homenageadas é alvo de críticas

Escolha dos temas e personalidades homenageadas é alvo de críticas

O Google decidiu homenagear o educador Paulo Freire em seu centenário, neste domingo (9), através dos famosos ‘Doodles’ – animações que ficam na página inicial da plataforma e que, quando clicadas, encaminham o internauta para mais informações sobre o tema ou personalidade.

Considerado o Patrono da Educação Brasileira, Paulo Freire completaria 100 anos hoje. O recifense se tornou referência na educação pelo seu método de alfabetização – que chegou a ser aplicado em países da África, como Moçambique e Guiné-Bissau, e da América Latina, dentre os quais Chile e Nicarágua.

No entanto, a figura de Paulo Freire também é alvo de críticas, sobretudo por defender que a educação é um “ato político”, e que deve ser levado em consideração o contexto político em que se vive no momento da aprendizagem.

Propaganda. Role para continuar lendo.
Doodle do Google pelo centenário de Paulo Freire Foto: Reprodução

– Professores e alunos devem estar cientes das ‘políticas’ que cercam a educação. A forma como os alunos são ensinados e o que lhes é ensinado serve a uma agenda política – defendia o pedagogo.

A homenagem do Google suscitou críticas, entre elas a do deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), que acusa o método de Freire de impor uma ideologia dentro da Educação.

Recentemente, uma decisão da Justiça impediu o governo do presidente Jair Bolsonaro de “atentar contra a honra” de Paulo Freire.

– Uma ONG entra na justiça por razão ideológica; juíza dá razão à ONG, jornal enaltece a causa; Google a apoia. Olhe quantos atores ideológicos envolvidos, cientes ou não que servem a uma ideologia, e perceba a batalha de longo prazo que ainda temos para reverter todo esse lixo ideológico que atrasa o Brasil. E não estranhe se o próximo Google for com cara do Lula – escreveu o deputado.

Crítica de Eduardo Bolsonaro ao Google Foto: Reprodução

POLÊMICA COM OS DOODLES

Neste ano, o Google foi confrontado por internautas por não homenagear o feriado da Páscoa, tradicional festa cristã. Em sua defesa, a plataforma alegou que não celebra feriados religiosos.

– Não temos Doodles para feriados religiosos, de acordo com nossas diretrizes atuais de Doodle. Os rabiscos podem aparecer para algumas celebrações não religiosas originadas de feriados religiosos, como o Dia dos Namorados, o Festival das Cores de Holi, Tu B’Av e o período de férias de dezembro, mas não incluímos imagens religiosas ou simbolismo como parte de esses – disse.


Esquerdismo: Paulo Coelho quer que ONU vete Bolsonaro da Assembleia Geral

Bolsonaro elogia Zema: “Não podemos aceitar a esquerda”

Bizarrice esquerdista: “Não apenas mulheres podem menstruar”, defende deputada americana

Esquerdismo: Em ‘ritual de purificação’, escolas do Canadá queimam livros considerados racistas


Propaganda. Role para continuar lendo.
Comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Notícias

Obras trazem personagens como Che Guevara apresentados como pessoas sem defeitos e uma Cuba sem crianças de rua

BRASIL

Longa-metragem dirigido por Wagner Moura recebeu média de apenas 3,6 pontos no site IMDb

BRASIL

Cerimônia de entrega ocorreu menos de 10 dias depois da invasão e depredação da Aprosoja

BRASIL

Anderson Campos se referiu à apresentadora como "assediadora de menores"

Anúncios